A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/07/2016 11:41

União reconhece mais uma cidade-gêmea em zona de fronteira em MS

Anny Malagolini

O Brasil tem 32 cidades-gêmeas - municípios que ficam um ao lado da outro, mas em países diferentes - e 7 estão localizadas em Mato Grosso Sul, na fronteira com o Paraguai e Bolívia. Até o ano passado, o Estado apresentava apenas 6 municípios, mas em uma nova portaria da união, a cidade de Coronel Sapucaia foi inserida no conceito

Fazem parte da definição as cidades sul-mato-grossenses de Bela Vista, vizinha de Bella Vista do Norte, no Paraguai; Coronel Sapucaia, localizada na linha de fronteira com a cidade paraguaia de Capitan Badó; Corumbá, fronteiriça com Porto Quijarro, na Bolívia; Mundo Novo, que além de estar na divisa com o Estado do Paraná, ainda faz fronteira com a cidade de Salto de Guaíra, no Paraguai; Paranhos, localizada ao lado de Ypejhú, município do Paraguai; Ponta Porã, próximo a Pedro Juan Caballero, também no Paraguai e a cidade de Porto Murtinho, que faz fronteira com Capitan Carmelo Peralta, do lado Paraguaio.

A criação do termo cidades-gêmeas, de acordo com a União, é para atender a necessidade de integração fronteiriça nos municípios que apresentam grande potencial de aproximação econômica e cultural, podendo transformar essas regiões em um corredor comercial. A confirmação dessas cidades foi publicada pelo Ministério da Integração Nacional no Diário Oficial da União dessa quarta-feira, 20.

A classificação é definida pelo número de habitantes, a partir de 2 mil por município, e também estar localizada na fronteira seca ou fluvial do país e apresentar extensa área urbana formada por cidades e vilarejos que foram surgindo e se desenvolvendo um ao lado do outro, formando um conjunto com o país vizinho, além dos problemas característicos dos municípios de fronteira.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions