ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  26    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Viadutos em Dourados e pavimentação em rodovias garantem R$ 160 milhões

Ordens de serviço foram assinadas nessa segunda-feira, durante visita do ministro da Infraestrutura

Por Nyelder Rodrigues | 09/08/2021 20:33
Ministro em vistoria de obras em MS; ele caminha ao lado da ministra Tereza Cristina e do governador Reinaldo Azambuja. (Foto: Ricardo Botelho/MInfra)
Ministro em vistoria de obras em MS; ele caminha ao lado da ministra Tereza Cristina e do governador Reinaldo Azambuja. (Foto: Ricardo Botelho/MInfra)

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, assinou nessa segunda-feira (9), durante visita ao Mato Grosso do Sul, duas ordens de serviço que vão garantir mais R$ 160 milhões para as rodovias federais que cortam o Estado. Uma delas, é a criação de dois novos viadutos na rodovia BR-463, em Dourados.

Lá, serão destinados R$ 41,4 milhões, que vão permitir a travessia urbana de Dourados na BR-463, eliminando pontos críticas em trecho com extensão de 5,5 km, construindo dois novos viadutos, um deles, no acesso ao aeroporto local.

Além disso, deve ser feito ali uma nova pista e também retornos nas proximidades de bairros da região, além de uma separação dos sentidos do tráfego com barreiras de concreto. A obra deve durar 18 meses, prevê o ministério.

Já a segunda ordem de serviço garante a elaboração dos projetos básico e executivo de engenharia, bem como a execução das obras de implantação e pavimentação de 55 km do Lote 4 da BR-419, que inclui trechos em Rio Verde de Mato Grosso e em Jardim.

O investimento do Governo Federal nessas obras será maior, no montante de R$ 118,5 milhões, e a previsão de conclusão é em 2023. A obra atende a todas as componentes ambientais, o que é fundamental à preservação do bioma pantaneiro.

Vistoria - O ministro, que veio à Campo Grande para reinaugurar o Aeroporto Internacional da cidade, sobrevoou de helicóptero e vistoriou as obras de pavimentação da BR-419, em Rio Negro, antes de seguir para o evento.

Ele estava acompanhado da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina (DEM), do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), e do diretor-geral do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), general Santos Filho.

Ali, serão R$ 143,8 milhões investidos, conforme o contrato para a elaboração de projetos e execução das obras de implantação e pavimentação do Lote 1 da BR-419, assinado em setembro de 2017. Ao todo, serão construídos 52,5 km de rodovia e 11 pontes, que interligarão a BR-163, em Rio Verde, à MS-080, em Rio Negro.

Nos siga no Google Notícias