A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

20/06/2011 12:14

Inverno começa amanhã com temperaturas amenas e sem chuvas

Paula Vitorino

Sem frio, comércio ainda tem poucas vendas e população não acredita em baixas temperaturas

Com temperaturas amenas, roupas de inverno e de verão se misturam em meio ao centro da Capital. (Foto: Marcelo Victor)Com temperaturas amenas, roupas de inverno e de verão se misturam em meio ao centro da Capital. (Foto: Marcelo Victor)

Temperaturas amenas e vários dias sem chuva. Essa é a previsão da meteorologia para o inverno 2011 de Mato Grosso do Sul, que começa nesta terça-feira, às 13h16. A estação vai até setembro e é característica pelos dias mais curtos e as noites mais longas que nas demais épocas do ano.

O inverno também é característico pelas ondas de calor, que associadas aos períodos prolongados sem chuva, criam os chamados veranicos. Também ocorrem muitas inversões térmicas, que causam nevoeiros e neblinas.

Até o final de junho a média de chuvas deve ficar abaixo dos números históricos do Estado, de 37mm, de acordo com o Cemtec. Também nos próximos meses da estação o volume de chuvas deve ficar abaixo da média em todas as regiões, principalmente, no municípios do norte e bolsão.

Já as temperaturas ficam elevadas, acima da média de 26°C, nas regiões noroeste, norte, nordeste e bolsão. O frio chega com intensidade e deve provocar temperaturas abaixo de 14°C nos municípios de Amambai, Maracaju, Rio Brilhante e Ponta Porã.

No primeiro dia do inverno faz calor e o céu fica claro em todo o Estado. A umidade relativa fica abaixo de 30% em todos os municípios. A temperatura varia entre os 14°C, na região sul, e 32° nas regiões oeste e norte.

Na quarta e quinta-feira existe possibilidade de chuvas isoladas na região sul. Os termômetros continuam registrando temperaturas altas, com máxima acima dos 30°C.

De acordo com a Estação Meteorologica da Uniderp/Anhanguera, uma frente fria só deve chegar ao Estado no início de julho, já no dia primeiro. Ela pode trazer chuvas e queda na temperatura.

Vendedora diz que clientes só aparecem quando o frio chega. (Foto: Marcelo Victor)Vendedora diz que clientes só aparecem quando o frio chega. (Foto: Marcelo Victor)

Cadê o frio? - Um dia antes do inverno chegar oficialmente, os campo-grandenses desfilaram roupas ainda com o clima de verão pela região central, nesta manhã.

Para o apontador Orlei Furtado de Souza, de 36 anos, o frio não vai chegar com força neste ano e até agora não foi preciso tirar os casacos pesados do armário.

A confeiteira Ana Lucia Romero, de 31 anos, concorda com a opinião e aposta que “não vai precisar de mais roupas de frio”. Apesar de estar vestindo casaco nesta, junto com a filha de dois anos, ela diz que “ainda não está com cara de inverno”.

Já a comerciante Vanda Alce, de 45 anos, e a filha Jennifer Lima, de 22 anos, esperam ansiosas pelo frio. Há duas semanas a família viajou para a Bolívia, especialmente para comprar roupas de inverno, mas até agora não tiveram “clima” apropriado para usar as novas peças.

“Espero que agora comece mesmo o frio e a gente possa usar os casacos. Não acho que vai ser um frio muito rigoroso, mas deve ter sim um friozinho”, diz.

Vendas - Sem o frio, o comércio da Capital ainda não sentiu as vendas de inverno aquecerem. Em comparação ao mesmo período do ano passado, os comerciantes afirmam que o movimento está menor.

De acordo com a gerente de uma loja, Leila Quintana, os clientes ainda estão procurando roupas de verão e as vendas de inverno ainda não começaram.

“Nessa época o ano passado já estava bem melhor as vendas, tinha um friozinho”, diz. Mas a comerciante acredita que ainda dá pra recupera o movimento e acabar com o estoque das peças de frio até o fim do inverno.

Já a vendedora Luciana Justino de Almeida, que trabalha em uma loja do Shopping Pantanal, as roupas de frio só são procuradas quando as temperaturas caem.

“Se esfria, aí o pessoal começa a aparecer. Sempre que tem um evento, uma festa e está friozinho, os clientes vêm procurar uma peça de inverno”, afirma.

Na transição das estações, as promoções das peças de verão no comércio também são um atrativo para os clientes. Já as peças de inverno só devem começar a ter descontos no final de setembro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions