A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/01/2011 10:29

Governo investe menos do que o valor mínimo para educação de qualidade

Ana Maria Assis

Em Mato Grosso do Sul faltam R$ 31,63 por aluno da rede pública para se ter um ensino de qualidade nos primeiros anos de Ensino Fundamental, conforme valor mínimo definido pelo CAQi (Custo Aluno Qualidade Inicial), índice aprovado pelo Conselho Nacional de Educação. O custo anual por aluno conforme o CAQi deve ser de R$ 2.194,56, sendo que aqui serão gastos em 2011 R$ 2.162,93 por estudante. Em mais 21 estados o custo por aluno da rede pública previsto para 2011 fica abaixo do mínimo estipulado pelo CAQi, que tem base no PIB (Produto Interno Bruto) de 2008.

Comparado com os outros estados, Mato Grosso do Sul é um dos que tem menor diferença com o CAQi, nove estados chegam a ter uma diferença de R$ 472,51, optando pelo valor mínimo do estudante da escola pública, que é de R$ 1.722,05 segundo a portaria interministerial 1.459 de 30 de dezembro de 2010.

Nove Estados trabalharão com R$ 1.722,05: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí. E ainda chegarão a esse valor com complementação de verbas feita pela União. Apenas cinco unidades federativas superam o valor do CAQi para os anos iniciais. São elas: Amapá, Distrito Federal, Espírito Santo, Roraima e São Paulo.

(Com informações do UOL)

Termina na 4ª feira prazo para adotar cartinha e ajudar Papai Noel dos Correios
Termina na próxima quarta-feira (dia 13) o prazo para quem quiser adotar uma cartinha do projeto Papai Noel dos Correios. Os interessados devem compa...
Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...


isso e uma vergonha ....os deputados ganham tanto e a educaçõa recebe tão pouco ...onde vamos parar?
 
Jonathan malaquias em 10/01/2011 11:18:13
Por isso é que eu digo, se os valores fossem gastos realmente com a educação pública e não desviassem esses valores para interesses próprios, investindo em melhorias, cursos de qualificação para os professores, o resultado com certeza seria melhor.Por isso é que devemos observar bem em quem elegemos, se realmente merece o nosso voto.
 
Maria Zoé Bezerra Carvalho em 10/01/2011 05:54:47
"E governo sério é...." Quem manda! A propaganda na TV e linda. Dá ate vontade de pagar IPVA no início do ano. Investimento é a palavra que mais se ouve. A prova de que não passa de propaganda falsa e enganosa está ai. Parabéns ao executivo e principalmente ao legislativo que faz vista grossa diante disso. Ah senhores deputados! Não venham me dizer que vocês não tinham conhecimento dessa informação? Se nao tinham tratem de ficar atentos ou entao deixem o local pra quem quer trabalhar de verdade. Afinal o salário de vocês não é suficiente; como um citou um ilustre deputado no final do ano que se passou. Palhaçada.
 
André Neves em 10/01/2011 05:47:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions