A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

20/02/2010 08:22

Irmão de mulher executada levou 70 facadas na Máxima

Redação

Rildo Florentin Tavares, irmão de Maria de Fátima Tavares, executada a tiros nesta manhã, também morreu após envolvimento com o tráfico de drogas. Ele foi assassinado com 70 facadas no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima, em Campo Grande, há cerca de dois anos.

Rildo era conhecido pela Polícia por ser um bandido ousado. Ele chegou a conceder uma entrevista à imprensa na mesa do diretor do IPCG (Instituto Penal de Campo Grande) e, numa outra ocasião, fugiu pela porta da frente do presídio. De volta à cadeia, foi morto a facadas.

A reportagem do Campo Grande News apurou que um cordão de ouro de Rildo foi deixado para Maria de Fátima, executada hoje dentro do Ecoesport, placas HTA 2315, que ela havia adquirido recentemente.

Preliminarmente, a Polícia afirma que nada foi roubado do carro, nem dinheiro e os acessórios que ela usava, entre eles, cordão, brincos, pulseira e anéis.

Será investigada a possibilidade de um acerto de contas ter motivado a execução de Maria de Fátima.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions