A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

07/07/2010 12:21

Juiz boliviano pede asilo em Corumbá após perseguição

Redação

O juiz boliviano Luis Alberto Tapia Pachia, 53, pediu asilo em Corumbá na noite de segunda-feira alegando perseguição política em seu país. O juiz foi responsável por investigar um complô para matar o presidente Evo Morales, em abril de 2009.

Pachi diz que recebeu ameaças de morte e perseguição por parte do governo boliviano, que o acusa de estar envolvido com um grupo separatista. Ele teve a ordem de prisão decretada pelo Ministério Público da Bolívia.

De acordo com reportagem do jornal O Estado de São Paulo, o juiz disse que tenta trazer seu filho de 14 anos e a esposa,

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions