A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/12/2009 15:17

Juiz indefere HC e jornalista passará Natal na cadeia

Redação

Respondendo pela 1ª Vara do Tribunal do Júri, o juiz Aluízio Pereira dos Santos indeferiu, nesta sexta-feira, o pedido de revogação da prisão preventiva do jornalista Agnaldo Ferreira Gonçalves, que matou uma criança de dois anos após uma briga no trânsito no dia 18 de novembro deste ano.

Como o advogado de defesa, Valdir Custódio, desistiu do hábeas corpus protocolado no Tribunal de Justiça, o novo pedido de liberdade só deverá ser analisado em 2010. Preso desde o dia 18, Gonçalves deverá passar as festas de fim de ano, Natal e Ano Novo, na cadeia.

O magistrado acompanhou parecer do Ministério Público Estadual, de que a prisão preventiva deve ser mantida. A defesa tinha alegado que a manutenção da detenção não atende aos requisitos legais.

Gonçalves é réu por homicídio doloso. Ele é acusado de ter matado Rogério Mendonça, 2 anos, após brigar com o seu tio, Aldemir Pedra Neto, no trânsito na Avenida Mato Grosso, no centro da Capital. Ele irá a julgamento por homicídio qualificado, tentativa de homicídio qualificada e porte ilegal de arma de fogo.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions