A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

03/12/2009 15:16

Juiz manda Estado dobrar efetivo da polícia em Corumbá

Redação

O juiz da Vara de Interesses Difusos de Corumbá, Eduardo Eugênio Siravegna Júnior, determinou ao Governo do Estado para dobrar o efetivo da Polícia Civil em Corumbá, localizado a 426 quilômetros da Capital. O pedido foi feito em ação civil pública há quatro anos pelo promotor de Justiça Ricardo de Melo Alves.

Na época, o MPE (Ministério Público Estadual) denunciou a falta de estrutura policial no município, que conta com aproximadamente 100 mil habitantes. Somente 45 profissionais estão lotados na cidade, que conta com quatro delegados.

O ideal seria um pouco mais que o dobro do número de funcionários, entre policiais, peritos, médicos legistas, inspetores e agentes. Devido ao número defasado, o trabalho da polícia mostrou-se dificultoso e humanamente impossível de ser realizado pela ausência de profissionais.

Também foi apurado que a 2ª Delegacia de Corumbá, cuja implantação foi decretada há mais de dez anos, ainda não foi efetivamente implantada. Dessa forma, a insuficiência do quadro compromete a segurança da população, segundo o MPE.

Através da sentença, o Estado deverá lotar mais policiais e profissionais para a estrutura da Polícia Civil de Corumbá, e também para o município vizinho de Ladário de acordo com as atuais necessidades, sob pena de multa diária em caso de descumprimento.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions