A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

10/07/2008 13:30

Juiz ouve dia 21 peão que arrastou militar até a morte

Redação

O juiz Aluisio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, marcou para o próximo dia 21 o interrogatório do peão Fagner Gonçalves, de 25 anos, que arrastou até a morte o cabo do Exército Leonardo Sales da Silva, de 19 anos, em junho deste ano no bairro Dom Antônio Barbosa. O depoimento dele está marcado para começar às 16 horas.

Fagner é acusado de homicídio doloso (com intenção de matar). Ele atropelou e arrastou por 15 quilômetros o militar.

Ele deixou o corpo em uma rua com poucas casas no bairro Itamaracá e fugiu em seguida. Fagner foi preso três dias depois em Sidrolândia.

O peão não era habilitado para dirigir a caminhonete F-4000, que foi deixada por ele na casa do irmão. O carro era do patrão dele, que não sabia que o funcionário estava com o veículo.

Com base em perícia, reconstituição e depoimentos, a polícia sustenta que o peão atropelou o militar de maneira intencional.

Outra dado divulgado nesta semana é de que o cabo do Exército teria tentado subir na carroceria do veículo, o que indica uma briga entre os envolvidos no caso. Ele pode ter caído e o pé preso na traseira, versão que já havia sido apresentada por Fagner.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions