A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/04/2013 17:22

Justiça condena banco a pagar indenização de R$ 5 mil a pensionista

Edivaldo Bitencourt

O juiz da 13ª Vara Cível de Campo Grande, Alexandre Corrêa Leite, condenou o Banco BGN S/A a pagar indenização de R$ 5 mil a uma pensionista do Exército. Ele também anulou a cobrança de R$ 11,9 mil em empréstimos que a mulher alegou não ter contraídos.

A idosa alegou que fez um empréstimo consignado, com desconto em salário, em 2009. No entanto, após quitar o financiamento, ela descobriu que o banco continua a efetuar o desconto na pensão.

Ao verificar a situação no banco, ela descobriu que a instituição cobrava por três empréstimos feitos em seu nome. Os financiamentos somavam R$ 11,9 mil.

Além do pagamento da indenização de R$ 5 mil por danos morais, o magistrado condenou o Banco BGN a devolver em dobro os valores cobrados indevidamente.

Na ação judicial, o banco alegou que a mulher ou alguém de posse de seus dados fez o empréstimo. Nega a ocorrência de estelionato e se diz vítima do processo.

Em análise dos autos, o magistrado observou que a assinatura da autora possui divergências entre a que consta nos supostos contratos firmados por ela e a de sua identidade. Conforme o juiz, “a discrepância, inclusive, é constatável ao homem médio”.



tenhe ali na 26 de agosto 384 -10 andar sala 104 uma tal jcred , tenhe dois safado que passa por advogado e fala que e do inss ligando para casa das pessoas que nem recebeu o primeiro mes da aposentadoria ,a policia tenhe que ver quem realmente trabalha para os bancos .eles ligou na casa da minha e mãe que quase caio na labia de um tal que se chama junior .
 
VALDIR DE SOUZA em 17/04/2013 20:23:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions