A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

10/06/2009 18:20

Justiça condena ex-secretário de Cassilândia e servidora

Redação

A Justiça de Cassilândia condenou em primeira instância o ex-secretário municipal de Finanças Waldimiro José Cotrim Moreira e a servidora pública Luceni Quintana Correia, por formação de quadrilha, enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro e facilitação a agiotagem com dinheiro público.

Na sentença, o juiz Silvio Prado ressaltou que "se trata de um município onde falta dinheiro para tudo, a pobreza é generalizada, e o Governo Municipal mostrou-se ausente por muito tempo, deixando de promover serviços básicos, por certo, por falta de recurso, que no entanto, para a informalidade nunca faltou".

Waldomiro deve cumprir 7 anos de reclusão e pagar multa de 300 salários mínimos em vigor em 2007, data do crime, o que hoje equivale a quase R$ 115 mil.

Já Luceni Quintina, foi condenada a 6 anos e 1 mês de reclusão e 270 salários mínimos vigente à época dos fatos

Ouvidor da Funai faz pedido para PF investigar ONGs e índios em MS
Investigar indígenas e ONGs (Organizações não governamentais) que estariam cooptando para conflitos mulheres, crianças e idosos em Mato Grosso do Sul...
Justiça estadual determina que Vivo pague indenização de R$ 5 milhões
A empresa telefônica Vivo foi condenada pela Justiça estadual a pagar R$ 5 milhões em indenização por falha na prestação de serviço de telefonia móve...
Plano de contingência e programa de combate ao Aedes aegypti são lançados
A SES (Secretaria de Estado de Saúde) lançou nesta quinta-feira (23) o Plano Estadual de Contingência ao Aedes aegypti, mosquito causador de doenças ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions