A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

21/09/2009 14:42

Justiça manda carteiros preservarem 30% do efetivo

Redação

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinou à Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresa de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) que sejam mantidos 30% dos funcionários em cada uma das unidades da ECT. Caso contrário, poderá ser aplicada multa diária de R$ 50 mil.

As Procuradorias Regionais do Trabalho farão a fiscalização do cumprimento da medida. Contudo, o tribunal não aceitou o pedido de paralisação da greve feito pelos Correios.

No final da semana passada, a empresa entrou com um pedido de dissídio coletivo afirmando que a greve é abusiva. Segundo os Correios, já foi registrado o atraso no envio de 34,6 milhões de correspondências, além de 339 mil encomendas.

Também foi marcada uma audiência de conciliação na próxima quinta-feira (24) para que se chegue a um acordo sobre o aumento salarial da categoria, entre outras reivindicações e o fim da greve.

Os funcionários dos Correios estão em greve desde o início da semana passada e, além de aumento salarial, pedem contratações de novos carteiros e uma reestruturação da empresa. Dos 109 mil funcionários, 24% ainda estão em greve. A proposta do governo é de reajuste salarial de 9%, além de outros benefícios.

Último sorteio da Mega-Sena na semana pode pagar até R$ 22 milhões
O sorteio deste sábado (22) da Mega-Sena pode pagar até R$ 22 milhões para um ou mais acertadores que marcarem a seis dezenas premiadas do prêmio.  E...
MEC quer programa para ocupar vagas ociosas em universidades públicas
O Ministério da Educação (MEC) estuda criar ainda este ano uma nova modalidade do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), chamada Sisu Transferência, vo...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions