A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/05/2010 13:43

Justiça manda índios deixarem já fazenda de Pedrossian

Redação

A Justiça Federal já oficiou o Ministério Publico e a Funai sobre determinação para que índios terena acampados na fazenda Petrópolis, da família Pedrossian, deixem a área imediatamente.

Os dois órgãos tentaram reverter o processo de reintegração de posse, mas os recursos judiciais não conseguiram impedir o despejo em Miranda. O mandado de intimação foi entregue no dia 7 à Funai.

As famílias estão na propriedade desde o ano passado e pediram prazo maior para saírem, depois de expedida a reintegração de posse, em março. Eles alegaram ter plantado na área e queriam tempo para colheita.

A Justiça negou prazo extra, mas os donos da área aceitaram indenizar as famílias pela produção a ser colhida no local.

Apesar do depósito em juízo, no valor de R$ 10 mil, os terena negaram o acordo e decidiram permanecer acampados, porque há mais de 20 anos buscam a desapropriação da fazenda por considerarem como parte do território indígena.

No fim da manhã de hoje, o técnico da Funai, Jorge das Neves, ex-administrador do órgão em Campo Grande, seguiu para Miranda para comunicar aos índios a decisão do juiz federal Pedro Pereira dos Santos. "Hoje a área deve

estar com centenas de famílias, porque ficaram sabendo da decisão", prevê.

No despacho do juiz, ele também pede reforço da Polícia Federal caso as famílias se recusem a sair da propriedade.

Depois de liminar do STF (Supremo Tribunal Federal), que suspendeu processo de demarcação da fazenda, no dia 11 de março os índios foram notificados pela primeira vez para deixar o local, onde estavam há mais de 6 meses.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions