A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/09/2010 09:35

Justiça manda soltar 14 envolvidos em fraude de Dourados

Redação

A juíza da 1ª Vara Criminal da Comarca de Dourados, Dileta Terezinha de Souza Thomaz, determinou a revogação de prisão de 14 das 28 pessoas envolvidas com o esquema de fraudes em licitações da prefeitura e recebimento de propina.

Entre elas, os vereadores Aurélio Bonatto (PDT), José Carlos Cimatti (PSB), Júlio Artuzi (PRP) e Marcelo Barros (DEM), Paulo Henrique Bambu (DEM) e Zezinho da Farmácia (PSDB).

No entanto, Zezinho não será liberado porque foi encontrada uma arma calibre 38 na casa dele.

Também podem ser soltos ainda esta manhã João Kruger (controlador-geral do município), José Roberto Barcelos (ex-chefe de licitação), Marco Aurélio de Camargo Areias (superintendente do Hospital Evangélico), Tiago Vinícius Ribeiro (chefe de licitação), Paulo Ferreira do Nascimento (assessor do prefeito Ari Artuzi), Sidnei Donizete Lemos Herédia (Lemos sonorização), Geraldo de Assis e José Antonio Soares (o empreiteiro Zeca do MS).

Os oficiais de Justiça já estão na Penitenciária Harry Amorim Costa com os mandados que serão cumpridos em breve.

Só uma coisa pode atrapalhar a soltura dos envolvidos no esquema. O promotor Paulo Zeni, do Ministério Público Estadual, teria pedido 10 mandados de prisão preventiva, o que manteria pelo menos parte dos acusados na prisão.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions