A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

19/03/2010 14:25

Laudo apontará causa de morte de rapaz sem atendimento

Redação

Devem sair em 15 dias o resultado dos laudos que apontarão a causa da morte de Aquiles Francisco de Souza, de 24 anos, que morreu às 23h15 de ontem (18) após esperar atendimento deitado no chão da Santa Casa de Misericórdia de Paranaíba, município que fica a 413 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com administrador da Santa Casa de Paranaíba, Valteir Lourenço de Freitas, os exames serão feitos pelo Instituto de Medicina e Odontologia Legal de Campo Grande. A Santa Casa enviou hoje os materiais e exames para as análises.

Com dores pelo corpo, Aquiles procurou atendimento na Santa Casa, mas não foi recebido por nenhum médico. De acordo com acompanhantes, demorou 35 minutos para que um médico pudesse atendê-lo, o que pode ter influenciado a morte do rapaz.

De acordo com informações do Jornal Tribuna Livre, após o atendimento, uma médica encaminhou Aquiles para o CTI, onde faleceu. No atestado de óbito a causa da morte está em aberto. Porém, segundo a família, os médicos informaram que Aquiles teve falência múltipla de órgãos, pneumonia e infecção generalizada.

Aquiles precisou de atendimento após um acidente de moto. Ele teve que fazer uma cirurgia na perna, onde foram colocados pinos metálicos. Depois de quatro meses, os pinos foram retirados e colocado gesso. Segundo Diorel Moraes de Oliveira, amigo de Aquiles, o gesso foi mal colocado e soltava. A parte do salto desprendeu e ele torceu o pé. Com isso, teve início a infecção que levou à sua morte.

"Levamos ele três vezes na Santa Casa e o pessoal simplesmente mandava ele ir embora. Os únicos remédios que eles passam eram Tylenol e Diclofenaco", revelou o amigo da família.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions