ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  14    CAMPO GRANDE 28º

Cidades

Líder do PCC no Paraguai quase fugiu de cerco policial, mostra vídeo

Eduardo de Almeida chegou a escapar do cerco à mansão onde morava na capital paraguaia, mas foi alcançado na rua

Por Helio de Freitas | 19/07/2018 15:08
Eduardo Aparecido de Almeida, chefe das operações do PCC no Paraguai, foi preso ontem (Divulgação/Senad)
Eduardo Aparecido de Almeida, chefe das operações do PCC no Paraguai, foi preso ontem (Divulgação/Senad)

Vídeo gravado pela Senad (Secretaria Nacional Antidrogas), mostra a operação para a prisão do bandido brasileiro Eduardo Aparecido de Almeida, 39, o Pisca. Chefe das operações do PCC (Primeiro Comando da Capital) no Paraguai e na Bolívia, ele foi preso nesta quarta-feira (18) em Assunção.

Apontado como número 3 do PCC e o principal coordenador regional da facção criminosa naquele país, Eduardo de Almeida por pouco não escapou do cerco policial montado em volta da mansão que ele usava como esconderijo em bairro luxuoso da capital paraguaia.

Eduardo foi alcançado na rua, do outro lado da residência. Na madrugada de hoje, ele foi expulso do Paraguai e entregue à Polícia Federal em Foz do Iguaçu (PR).

Confira na reportagem em vídeo gravado pela Senad: