ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  26    CAMPO GRANDE 21º

Cidades

Lugo volta a falar em renegociar energia de Itaipu

Por Redação | 15/08/2008 21:18

Empossado hoje no cargo de presidente do Paraguai, Fernando Lugo, voltou a disser que pretende insistir com o Brasil sobre a revisão do preço pago ao país pela energia da fornecido pela hidrelétrica de Itaipu.

Para o presidente paraguaio, a tarifa paga pelo Brasil deve fica acima dos US$ 45,31 pelo megawatt-hora atualmente pagos.

Presente ao evento realizado em Assunção, capital do país, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, disse estar disposto a negociar com o presidente paraguaio, mas  impôs um limite a um eventual aumento de tarifas de Itaipu.

No Brasil, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, já havia declarado que o governo brasileiro não pretende alterar o Tratado de Itaipu, por considerar justo o preço pago pela energia.

Pelo Tratado de Itaipu, cada um dos dois países tem direito a usar 50% da energia gerada pela usina, mas como a demanda do Paraguai é menor (apenas 5% do que teria direito), o país vende o restante ao Brasil. A usina tem 14 mil megawatts de potência instalada e atende a 19% da energia consumida no Brasil e a 91% do consumo paraguaio.

Lugo propõe também reajuste à Argentina pelos valores pagos pela hidrelétrica de Yacyretá.   (Com informações da Folha Online)

Nos siga no Google Notícias