A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

14/04/2009 17:10

Mãe de bebê vítima de maus-tratos é indiciada

Redação

A garota de programa, de 20 anos, que maltratou e abandonou a filha de um ano e três meses foi indiciada hoje pelos crimes. Caso seja condenada, ela poderá ficar presa até cinco anos já que a criança apresenta lesões consideradas graves e quadro de desnutrição crônica.

De acordo com a delegada da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), Regina Márcia Rodrigues Mota, das 12 horas às 12h30 a mãe prestou depoimento e negou que tenha agredido a filha. No entanto, testemunhas afirmam que o bebê era espancado pela mãe.

Familiares revelam que para a jovem dar comida à criança era necessário que fosse repreendida pela mãe, no caso, avó da menina. Há cerca de um mês, ela deixou a filha com uma amiga, no Jardim Aeroporto, para se prostituir em uma casa em Campo Grande.

A garota de programa diz desconhecer o responsável pelas agressões contra a filha.

Exames indicam que a menina tem lesões de uma semana, quatro semanas e até de um período superior a quatro semanas, ou seja, da época em que ainda estava sob custódia da mãe. Uma fratura na perna do bebê cicatrizou de maneira errada e por este motivo ela não anda.

A criança também tem sinais de queimaduras de cigarro pelo corpo. Desde 7 de abril o bebê está internado no Hospital Universitário de Campo Grande, depois de ter sido resgatado pela PM (Polícia Militar) na casa da amiga da mãe, uma jovem de 22 anos.

Ela chegou a ser detida e liberada. Segundo a delegada, a amiga também será indiciada por maus tratos.

O Conselho Tutelar tenta encontrar um familiar que possa cuidar da menina, já que a mãe não poderá mais ter a guarda da criança.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions