A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/08/2009 11:17

Matador executou homens em Dourados com tiros na cabeça

Redação

O homem que matou o comerciante Juarez Aguiar de Souza, 43, e Márcio José Ribeiro, 22, na manhã deste sábado no jardim Rasselen, em Dourados, executou as vítimas com tiros na cabeça, disparados de curta distância. A constatação foi feita pelo perito Jean Dourado e pelo delegado João Alves Queiroz.

Segundo a Polícia Civil, Juarez foi atingido dentro do carro por um tiro que atravessou o braço direito e se alojou no peito e outro na cabeça. Ele morreu dentro do veículo, o Gol branco, placa DGN-6032, de Dourados. O carro ficou parado na rua Adelina Rogotti, próximo ao cruzamento com a rua Frei Antonio.

Márcio, que era funcionário de Juarez, teria sido atingido pelo primeiro tiro ainda dentro do carro. Ele desceu e tentou fugir do atirador, mas foi perseguido e atingido nas costas. O rapaz levou quatro tiros: um nas costas, um no braço esquerdo e dois na cabeça, disparados pelo matador depois quando o rapaz já estava caído em frente a uma marcenaria.

A polícia recolheu pelo menos dez cartuchos de revólver calibre 38 espalhados na rua. Seis estavam deflagrados e quatro intactos.

Até agora não há pistas do criminoso. Ele seria morador próximo ao local dos crimes. Uma mulher que conhecia Juarez teria dito que o matador e o comerciante tinham "uma rixa antiga". Já moradores do local teriam afirmado que Juarez e o funcionário foram à casa do matador para cobrar uma dívida e teriam sido recebidos à bala. Os corpos foram removidos por volta de meio-dia.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions