A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

17/12/2008 16:49

Médico diz que clínica não fechou e pagará funcionários

Redação

O médico Juberty Antônio de Souza, que trabalhava na Clínica Santa Rita de Cássia, garante que os funcionários receberão os salários em atraso. Ele afirma ainda que a unidade médica passa por uma reestruturação e irá reabrir as portas.

Souza assegura que não é integrante da direção da clínica e que apenas acompanha as negociações porque o filho, Juberto Massud, é um dos sócios. Ele explica que, embora atenda seus clientes no local, não tem ligação com a administração.

O médico assegura que as atividades internas têm sido realizadas, porém, a clínica não recebe pacientes. As pessoas que estavam internadas deixaram o local no domingo.

Ele ressalta que os trabalhadores do setor de enfermagem, mesmo sem trabalhar durante o período de adequação, receberão os salários. Souza alega que na segunda-feira (15/12), quando os funcionários encontraram as portas da clínica fechadas, foram desenvolvidas atividades internas a partir das 7 horas, enquanto em dias normais o estabelecimento abre às 6 horas.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions