A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

10/10/2012 06:46

Médicos iniciam hoje suspensão de atendimentos a planos de saúde

Francisco Júnior

Como protesto, os médicos de Mato Grosso do Sul interrompem a partir de hoje (10) os atendimentos aos planos de saúde.

A iniciativa é nacional, mas no Estado a categoria decidiu encerrar a paralisação antes, no dia 17. O término sugerido nacional era o dia 25.

Durante esse período,  atendimento de urgência e emergência será realizado normalmente, sem interrupção. O retorno ao atendimento completo acontecerá no dia 18, data em que comemora-se o dia do médico.      

Conforme o Sinmed/MS (Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul), entre os principais motivo da paralisação está o baixo valor dos honorários pagos aos médicos, a interferência das operadoras na relação médico-paciente, e a definição de índices e periodicidade de reajuste, a serem previstos em contrato.

Em carta destinada à população, as entidades médicas esclarecem que “o movimento médico brasileiro tem buscado incessantemente o diálogo com as empresas da área de saúde suplementar, mas os avanços ainda são insatisfatórios, pois o que está em jogo é o exercício profissional de 170 mil médicos e a assistência a quase 48 milhões de pacientes”.

O Sinmed-MS afirma que nos últimos 10 anos os reajustes dos honorários médicos foram irrisórios, enquanto os planos aumentaram suas mensalidades bem acima da inflação.

 

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...


acho uma vergonha ter que cancelar as consultas por causa da greve
e também demorar um mês para ser atendida, pago plano de saude
mais estou pensando em cancelar, e partir para o SUS, como todo mundo
diz é o melhor plano de saude é o SUS .
 
maria aparecida da silva em 10/10/2012 12:47:07
André Marques, o problema esta nos planos de saúde que cobram caro. Os planos de saúde sim só visam lucro. Melhor aguardar 12 dias que pagar a consulta e os exames. Os planos deveriam fazer um repasse maior ao médicos. Eu se fosse eles já teria abandonado a tempos esse convênio.
 
Cleber Silva em 10/10/2012 11:42:20
Meu Deus, pq os médicos não olham quanto ganham os outros trabalhadores da saúde e até mesmo o restante da populaçao, o salário que eles chamam salário de fome, supera e muito o que os cidadãos comuns ganham...
 
keila Quadros em 10/10/2012 11:25:02
Sei que eles merecem ganhar bem. É uma das profissões mais bonitas. O de salvar Vidas. Eles deveriam brigar com os planos de saude. e nao deixar o povo sem atendimento. se eles atenderem por outros planos de saude ai teria mais concorrencia entre os planos de saude. pois aqui em campo grande, a maioria é unimed, se tivesse mais plano ai talvez teria planos de saude mais barato e que paguesse melhor os medicos. mas aqui é so unimed é por isso que a unimed nem liga com esses profissionais.
 
anderson silva em 10/10/2012 11:01:09
Eu acredito que os ,médicos não estão nem aí para a população, que cada vez está mais doente, o que a gente vê e que, quem tem dienheiro tem atendimento, quem não tem não tem o direito de viver.mas, uma coisa é certa, Eles não são eternos, dia D`les chega também,ó que farão com tanto dindim? e a vida que dejaram de atender. o que Deus dira para Eles.
 
Odair Alves Teixeira em 10/10/2012 10:54:46
Concordo com o Sr. ANDRÉ, se medico quiser ficar rico, que vire politico...kkkkkkkkkkkkkkkk
 
daniel brandao em 10/10/2012 10:54:03
Quem sabe a população percebe que o plano de saúde SUS é tão ruim quanto CASSEMS, UNIMED, PAX, e outros...
E pra que pagar caro se saúde ruim a gente tem de graça???
 
William Machado em 10/10/2012 10:46:02
Os médicos reclamam dos baixos honorários e da falta de reajustes. Contudo, nunca vi nenhuma informação fidedigna de tais valores ou dos índices de reajuste. Os planos nunca se manifestam sobre isso. Fica difícil entender quem tem razão (se é que alguém tem) nessa briga. A única certeza que temos é que os grandes prejudicados são os beneficiários dos planos de saúde que ficam sem atendimento.
O que seriam esses baixos honorários por consulta? Há quanto tempo não há reajustes? Ou, qual o percentual desses reajustes?
Gostaria de saber.... Só assim pra constatarmos se o pleito é, de fato, legítimo.
 
Luiz Felipe Silva em 10/10/2012 10:28:12
é isto ai mesmo, estou do lado dos médicos, meu último reajuste como servidor publico federal foi em 2006, e de lá pra cá a unimed subiu em média 5 a 8% ao ano, defasando mais ainda meu salário, pago 1000, 00 por mês de unimed e quando precisei fazer 2 exames de sangue simples (na semana passada) tive que pagar mais 35,00. isto é uma vergonha.
 
henrique de oliveira em 10/10/2012 09:35:39
uma palhaçada, os médicos de campo grande só visam o lucro que querem cada vez maior enriquecerem á custa da população que paga todo mês esses planos de saúde ineficazes, é só tentar marcar um cardio, mínino 12 dias, uma vergonha.
 
andre marques em 10/10/2012 07:15:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions