A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

19/10/2011 10:52

Quadrilha que sequestrou promotor em SP é presa em Caarapó

Viviane Oliveira

Bando era integrado por três adolescentes de 12, 15 e 16 anos. Os três tinham a tarefa de 'carcereiros' das vítimas

Três pessoas foram presas na manhã de ontem (18) por volta das 9h20 em Caarapó, cidade distante 283 quilômetros de Campo Grande, acusadas de participar de um sequestro no estado de São Paulo no último sábado (15).

Dione Alves Lacerda, 22 anos, Darlan Novaes Borges, 22 anos, Henrique Leandro da Cruz, 24 anos, foram presos com uma caminhonete S-10 de placas de Barra Bonita (SP) de um promotor sequestrado em Sorocaba (SP).

De acordo com a Polícia Civil, o promotor foi sequestrado no sábado (15) e libertado pela Polícia no domingo (16). Para não atrapalhar as investigações, o caso só foi divulgado nesta quarta-feira.

Os criminosos entregariam o veículo no Paraguai. Eles foram presos na avenida Presidente Vargas em Caarapó. Darlan Borges era o chefe da quadrilha. Ele recebia as ligações dos bandidos paraguaios e roubava as caminhonetes em São Paulo.

Segundo o delegado de Caarapó, Benjamim de Lax, dois dos três bandidos presos foram reconhecidos pela vítima.

Os assaltos eram feitos por encomendas. Os bandidos sabiam exatamente o tipo de caminhonete, a cor, ano e o modelo do veículo que deveria ser roubado.

Para manter o dono do veículo refém no interior de São Paulo até que o veículo chegasse ao Paraguai, à quadrilha tinha três cativeiros na região: dois em Salto de Pirapora e um em Votorantim.

Conforme o delegado do GAS (Grupo anti-sequestro) de Sorocaba (SP), Rodrigo Ayres, no município foram presos Gideoni de Almeida Alves, 28 anos, Jeisse Aparecida de Oliveira, 22 anos, e três adolescentes, 12, 15 e 16 anos.

Segundo o delegado, a menina de 12 anos vigiava os reféns e era namorada do chefe da quadrilha. Os outros dois adolescentes tinham a função de cuidar e levar comida para a vítima no cativeiro.

Gideoni e Jeisse foram presos e encaminhados para o presídio do município. Os adolescentes foram entregues para os pais e devem comparecer na vara da infância e juventude.



Concordo plenamente com os colegas. É por isso que o Brasil lindo e rico vive numa " patifaria", pois antigamente os filhos tinham que trabalhar por má ou boa vontade, e não existia lei alguma que fosse a favor de trabalho infantil, hj em dia o menor ou dizendo "o di menor" faz o que quer com pai e mãe para simplesmente se transformar em um marginal, e não existe uma lei severa pra isso.
 
Josias Barros em 19/10/2011 10:28:21
SE ESTES "ADOLESCENTES" SABEM FAZER COISAS DE GENTE GRANDE, E MUITO BEM POR SINAL, PORQUE NÃO CUMPREM PENA DE GENTE GRANDE TAMBÉM. NUNCA VÃO OBEDECER OS PAIS OU A JUSTIÇA, E OLHA QUE AINDA ESTÃO APRENDENDO, QUANDO CHEGAR A MAIORIDADE JA ESTÃO DIPLOMADOS... PARABÉNS PELO PAÍS QUE NÃO ATRAPALHA ESSA SABEDORIA DE VIDA... VIVA. ESCOLA DE BANDIDOS.
 
Cleide Lucia de Castro Toyama em 19/10/2011 05:45:46
LILI CARABINA. ESSA MENINA DE 12 ANOS JA METIDA COM SEQUESTRO CERTEZA FUTURO NÃO SERÁ FREIRA. OU BAIXAM A MIORIDADE PENAL E
PENALIZAM OS MARGINAIS ADOLESCENTES A EXEMPLO 16 ANOS OU VEREMOS
A INSTALAÇÃO DE UM ESTADO PARALELO COMANDADO PELA BANDIDAGEM. JÁ ESTÁ ACONTECENDO NOS GRANDES CENTROS. A POLICIA CUMPRE O PAPEL E PRENDE, A JUSTIÇA FINGE QUE CONDENA E SOLTA. LEVANTEM A CAPIVARA DOS BANDIDOS
 
j. santos maria. em 19/10/2011 03:57:38
sera que ela é virgem ainda com um homem de 22 anos? isso é estupro de vulneravel.
 
jose higuain em 19/10/2011 03:26:02
Se essa menina de 12 anos, estivesse ajudando a mãe em casa ou ate fazendo um servicinho leve, provavelmente alguem ate denunciaria a mae e ela iria pagar judicialmente por estar explorando a criança, só que ela n~foi inocente para cuidar de cativeiro, quer dizer, é criança p/ trazer qualquer trabalhozinho, e tb para ser presa pela crueldade de vigiar e presenciar o sofrimento de uma pessoa
 
Marcia Oliveira em 19/10/2011 01:40:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions