ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEXTA  20    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

Menina torturada pode receber indenização de R$ 200 mil

Por Redação | 26/08/2008 16:16

A mulher que mantinha uma garota paraguaia de 12 anos em cárcere privado no município de Ponta Porã, a 334 quilômetros de Campo Grande, pode ter que pagar indenização de R$ 200 mil à vítima.

De acordo com o procurador do trabalho Gustavo Rizzo Ricardo, a Justiça ainda vai sentenciar o caso de Káthia Elizabeth Cristaldo, de 23 anos, também paraguaia, presa em maio deste ano por trancar a adolescente em casa, além de bater na menina diariamente, obrigá-la a tomar conta dos afazeres domésticos e cuidar de seus filhos.

O episódio, que teve destaque nacional, será a primeira ação no país a ser movida como tráfico de seres humanos, conforme Ricardo. Uma audiência com a mulher, no MPT (Ministério Público do Trabalho), está marcada para o dia 9 de setembro.

Tortura - A garota passou cinco meses sob os

Nos siga no Google Notícias