A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

17/10/2013 09:45

Menino de 14 anos baleou PM durante tentativa de assalto no Panamá

Viviane Oliveira
Os cinco foram presos durante a noite. (Foto: Marcos Ermínio) Os cinco foram presos durante a noite. (Foto: Marcos Ermínio)

O BPChq (Batalhão de Polícia de Choque) prendeu na noite desta quarta-feira a quadrilha acusada de ter participado na tentativa de assalto que resultou em um policial baleado no dia 6 de outubro, no Jardim Pananá, em Campo Grande. Entre os presos, um adolescente de 14 anos confessou ter atirado no PM.

Além do menor, foram presos Cleiton Ribeiro de Oliveira, 20 anos, Kelverson Barbosa, 19, Renato Serpa Correia, 19, e Wanderley Rondon Duarte, 24.

Jefferson Crispim do Nascimento, 26, também foi encaminhado para a Delegacia por ter comprado a moto roubada, que havia sido utilizado no assalto. No entanto, as primeiras informações dão conta que ele não participou do crime.

De acordo com o subcomandante do batalhão de choque, Marcos Pollet, a Polícia fazia rondas na região do bairro Santo Amaro, quando foi surpreendida por uma pessoa dizendo que sabia onde morava um dos integrantes que havia participado do assalto à sorveteria.

No endereço indicado pela testemunha, no bairro Indubrasil, os policiais abordou Renato na Rua Grão Mongol. No inicio ele negou o assalto, depois acabou confessando, quando a Polícia disse que ele tinha sido identificado pelas câmeras de segurança.

À Polícia, Renato disse que pilotou a moto no dia do assalto e quem atirou foi o garupa, um adolescente de 14 anos, que também foi apreendido no mesmo dia. O menor disse que só atirou no policial porque ficou com medo de morrer.

Depois dos dois detidos um foi entregando o outro. A Polícia terminou a prisão dos envolvidos no bairro Dom Antônio Barbosa, onde foi preso na Rua José Pimenta de Freitas, Wanderley, que estava com um revólver calibre 32, usado no crime. Lá também foi encontrado um cofre.

Um veículo Uno que deu cobertura para os bandidos, também foi apreendido na casa do Cleiton. A quadrilha foi encaminhada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Conveniência – Um policial militar reconheceu Kelverson como um dos assaltantes que roubou na última quarta-feira (10) a conveniência que pertence a sua esposa na Rua Nova Andradina, no Jardim Aeroporto.

O polícial, que pediu para não ser identificado, disse que por volta das 21h, quatro homens armados, entre eles Kelverson, chegaram e anunciaram o assalto. Eles mandaram todo mundo ir para o fundo e fugiram levando uma quantia em dinheiro, que não foi divulgada.

Policial baleado em tentativa de assalto recebe alta da Santa Casa
O policial militar Wagner Pinheiro da Silva, 30 anos, que foi atingido com dois tiros no tórax ao reagir a um assalto na sorveteria Jeito Frio, no Ja...
Baleado após revólver falhar ao reagir a assalto, policial aguarda cirurgia
Baleado no tórax ao reagir a um assalto na Sorveteria Jeito Frio, no Jardim Panamá, em Campo Grande, o policial militar Wagner Pinheiro da Silva, 30 ...
Policial tenta reagir a assalto em sorveteria e acaba baleado no tórax
Um soldado de 30 anos da Polícia Militar foi alvejado a tiros por um assaltante no bairro Panamá, em Campo Grande, por volta das 21h deste domingo (6...


Só lembrando...
Nobre deputado Pedro Kemp, o senhor não se manisfestou ainda, dizendo que o menor atirou para se defender, que agiu corretamente e que o policial estava lá para ser alvo mesmo...
Vai sr. deputado... Diga alguma coisa... Diga que os marginais estão com a razão e que a polícia é a errada...
 
Jair Bastos em 17/10/2013 15:39:26
Onde estão os adultos? Eu respondo: eles se escondem na "menor idade" dos demais. Esse é o problema de que menores não respondam por seus atos: criminosos com pós-doutorado em bandidagem praticam os piores crimes e os "menores inocentes" com esses mancomunados assumem a "irresponsabilidade" pelos atos de outros, afinal se é menor fica impune.
 
Magda Correa em 17/10/2013 14:16:33
Caro Antônio Silva, o senhor está certo, os menores irão tomar do conta do Brasil sim, afinal, um dia eles serão adultos e os adultos de hoje serão idosos e assim segue o ciclo da vida.
 
Lucas Sarcozi em 17/10/2013 14:08:31
Engraçado é falar que em um país onde se gera pessoas ociosas com a oferta de bolsas baseadas em altos impostos cobrados da fatia produtiva da população, casas construídas com dinheiro de trabalhadores (FGTS) que muitas vezes moram de aluguel e não conseguem ser sorteado, enquanto desocupados, muitas vezes marginais, que ficam montando barracas e fazendo protestos, ou mesmo cupinchas de políticos são beneficiados com moradia, e bolsas. ISSO são "Direitos Humanos?". No nosso país o direito é só dos manos. infelizmente. O cara mete o revolver na cara do cidadão e faz dele um capacho, bate e xinga, e quando a polícia consegue conter é abuso? Tenham dó!!!! Ja ta na hora de mudar esse código penal ultrapassado que trata bandido como HUMANO. Criança na hora da punição e adulto na hora do crime.
 
jonas filho em 17/10/2013 14:04:34
Já houve expressa manifestação de instituições que defendem direitos humanos em favor do policial baleado, o que fica claro que defender direitos humanos é defender, obviamente, direitos essenciais e fundamentais de toda e qualquer pessoa. Também não há o menor sentido falar que os "menores" vão tomar conta do Brasil, visto que representam, é bom que se diga, menos de 9% dos atos violentos praticados no Brasil, e são vítimas, quase três vezes mais, do que autores de delitos. Mesmo neste caso existe nítida indicação de que foram vários adultos envolvidos e um só adolescente, e todos respondem, pois unidos no mesmo propósito, pelo menos a princípio, pelo mesmo tipo de delito. Assim, não porque "carregar as tintas" sempre em relação ao adolescente, e se esquecer da maioria ultos
 
Roberto Ferreira Filho em 17/10/2013 11:17:31
Aonde estão os defensores dos direitos humanos?
Quando um policial é ferido ou morto não importa?
Gostaria de saber porque.
 
Mirella Forti Cossignani em 17/10/2013 11:01:50
* CADE OS DIREITOS DO CIDADÃO ? OS MENORES , IRÃO TOMAR CONTA DO BRASIL .
 
antonio silva em 17/10/2013 10:19:31
estes marginais teria e ser preso e ficar trabalhando numa fazenda, com serviço pesado, o dia inteiro para poder pensar melhor andes de formar quadrilha para fazer maldades as pessoas. se colocar eles num serviço que comece as 7.00h com uma h de almoço e depois pegar no pesado e só parar as 18.00h ai sim estes caras viram gente do bem...
 
ely monteiro em 17/10/2013 10:09:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions