A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

24/02/2011 14:40

Ministério da Justiça vai retomar campanha de desarmamento no país

Daniella Jinkings, da Agência Brasil

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou que vai retomar “com muito vigor” a política de desarmamento no país. A pesquisa Mapa da Violência 2011, divulgada hoje (24), apontou uma queda de 7% nas taxas de homicídio no país em 2003, ano em que entrou em vigor o Estatuto do Desarmamento.

“Parece evidente que a questão mais grave é a do armamento excessivo. Quando nós desenvolvemos políticas de desarmamento, o índice de violência cai. Uma população armada é uma população violenta. Precisamos dar sequência a essa política”, afirmou o ministro.

Segundo Cardozo, o ministério vai desenvolver campanhas e programas para incentivar o desarmamento da população. Ele afirmou que será um projeto conjunto entre todas as instâncias de governo e a sociedade.“Vamos discutir com o governo ações nessa área. Temos reuniões previstas com representantes da sociedade civil e esperamos retomar uma política ofensiva de desarmamento.”

Além das medidas de combate à violência armada, serão desenvolvidas ações contra o crime organizado, principalmente na fronteiras. “Para isso é necessário termos um plano de fronteiras que intensifique o combate ao crime organizado. Vamos, em conjunto com os estados de fronteira, criar gabinetes de gestão integrada.”

O ministro afirmou que a corrupção é um fator diretamente relacionado ao crescimento do crime organizado. Segundo ele, o crime organizado cresce, pois há permissividade do setor público. "Precisamos enfrentar isso. Recentemente houve operações da Polícia Federal no Rio de Janeiro e em Goiás que desmembraram organizações que tinham policiais envolvidos



Desarmar quem???... se for bandidos é conto da carochinha!!!
 
Marcelo Max em 24/02/2011 08:36:01
É isso mesmo, tem que criar mecanismos que possam coibir as entradas de armas pelas fronteiras bem como combater o cirime organizado e, colocar o serviço de inteligência das polícias para passar um pente fino nos maus policiais. Mas ficar só na conversa não adianta, tem que agir com vigor.
 
Luiz Carlos Togneti em 24/02/2011 04:53:46
Desarme os bandidos Ministro. Quem tem arma registrada, não dá problema.Se restringem meu direito legal de ter uma arma, porque pegar em uma para defender o país que me nega isso? Povo desarmado, é povo dominado!
 
adalberto rebelo em 24/02/2011 03:26:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions