A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/03/2010 12:00

Ministério Público analisa denúncia sobre maternidade

Redação

A promotora Sara Francisco Silva, da promotoria de Justiça e Cidadania, ainda analisa a denúncia contra a maternidade Cândido Mariano, feita pelo tecnólogo ambiental Maximiliano Schadler, de 33 anos.

Na última sexta-feira, ele acionou o MPE (Ministério Público Estadual) após ter que pagar R$ 3.300 para que sua esposa, Mirian Kelly dos Santos, de 30 anos, fizesse parto cesárea. O caso ocorreu na última quinta-feira.

Ele relata que a esposa enfrentou 18 horas de dor, sem atingir a dilatação necessária para o parto normal. A justificativa era que para ter cobertura do SUS (Sistema

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions