A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

04/04/2008 15:13

Ministro quer suspensão da propaganda do paracetamol

Redação

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, pediu hoje (4) a suspensão de comerciais de medicamentos à base de paracetamol. Ele orientou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para requerer aos laboratórios a suspensão voluntária das propagandas, porque há suspeitas de uso abusivo desses medicamentos analgésicos, muito utilizados em caso de possibilidade de dengue.

Segundo ele, "existem alguns medicamentos, analgésicos e antitérmicos, que são contra-indicados em caso de suspeita de dengue, que interfiram de alguma forma na coagulação sangüínea. Mas existem outros medicamentos, como o paracetamol, que são indicados em casos de suspeita de dengue. Se usados de maneira adequada, no entanto, em dose excessiva, em crianças ou adultos, podem levar a graves danos no fígado, inclusive com hepatite tóxica, medicamentosa. Como estamos vivendo uma situação de excepcionalidade no Rio de Janeiro, o momento não é de automedicação", afirmou.

Para o ministro, é preciso evitar que as crianças recebam o medicamento em doses excessivas que podem, ao invés de resolver o problema, causar um outro problema tão grave quanto a dengue.

Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
UFGD oferece vagas em 36 cursos de graduação pelo Sisu
A UFGD (Universidade da Grande Dourados) está ofertando 944 vagas em 36 cursos de graduação para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada). As inscrições...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions