A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

08/05/2008 17:09

MNP propõe acordo para vender terras à reforma agrária

Redação

O MNP (Movimento Nacional dos Produtores) apresentou nesta quinta-feira proposta ao Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) para agilizar a venda de terras destinadas à reforma agrária em Mato Grosso do Sul. A meta, explica o presidente do MNP João Bosco Leal, é garantir a venda de terras, que favorece a reforma agrária e, ao mesmo tempo, limitar os atos de invasões de propriedades.

De acordo com João Bosco, a negociação depende de acordo entre movimentos sociais, os produtores, o Incra, o governo do Estado e o Tribunal de Justiça. O acordo será registrado, em uma espécie de TAC (Termo de Ajustamento de Conduta). Pelos termos, os movimentos sociais devem se comprometer em não ocupar terras em fase de negociação pelo Incra.

João Bosco explicou que o superintendente do Incra, Flodoaldo Alves, deve convocar as lideranças dos movimentos sociais na próxima semana para apresentar a sugestão. Alves assumiu recentemente o Incra e afirmou que a principal dificuldade em manter a meta de reforma agrária para Mato Grosso do Sul neste ano é a falta de terras à venda.

Até dezembro, o Incra pretende comprar 97 mil hectares de terras e assentar 4,7 mil famílias. Segundo João Bosco, há terras para vender, mas os proprietários têm receio de ocupações durante o processo de avaliação e não ofertam.

Estudos

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions