A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Novembro de 2017

09/06/2009 07:43

Morte de mecânico pode envolver mais de uma pessoa

Redação

A morte do mecânico Maurício Debortoli, de 36 anos, ocorrida na madrugada de domingo, pode envolver mais de uma pessoa. O caso é investigado pelo 7º Distrito Policial, que já tem indícios sobre um suspeito através de duas letras e a numeração da placa do veículo informada por uma testemunha.

De acordo com a Polícia, está certo que dentro do Gol em que estava a pessoa que atirou havia outro ocupante. Ninguém se apresentou até agora e os policiais estão em diligências para encontrar o suspeito.

A Polícia não sabe se o assassinato de Maurício teve participação efetiva dos dois ou de apenas um. Segundo testemunha ele foi morto a tiros após discussão motivada por um acidente, no bairro Santo Antônio. Maurício estava em sua camionete, uma L-200. O suspeito atirou nele uma vez, teria deixado o local e depois voltado e atirado novamente. Os disparos atingiram a cabeça do mecânico.

A Polícia não descarta nenhuma possibilidade. Embora a hipótese mais evidente seja a briga de trânsito, é investigado se o assassinato tem ligação com uma discussão ocorrida em abril de 2007 em um bar. Na ocasião Maurício trocou ameaças com outra pessoa. O caso corre sob segredo de justiça.

No mesmo ano também a casa da família do mecânico foi invadida, todos foram feitos reféns e os bandidos levaram uma camionete, outra L-200. A família de Maurício é dona de uma oficina.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions