A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/12/2008 12:33

Mostra incentiva produção e comércio de assentados

Redação

Uma mostra na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) deixa claro que nem só de dificuldades vive a reforma agrária aqui no Estado. Com stands montados neste final de semana, 1.878 famílias de 12 assentamentos do Estado apresentaram criatividade, com a vantagem de agregar valor a produtos tradicionalmente colhidos pelos agricultores familiares.

De moda, passando por artesanato e culinária, a diversidade de opções chama atenção. Agricultoras quer já passaram anos em acampamentos de sem-terra a beria da estrada, até conseguirem ser assentadas, hoje são "estilistas". Começaram com simples peças costuradas e já começam a inovar em cores e cortes.

Miriam Aveiro, de 42 anos, é coordenadora do projeto Cooperativas Populares na região Centro-Oeste e acompanha de perto o trabalho desenvolvido pelos assentados e aposta na valorização da produção dos pequenos proprietários. Para ela, ajudar o assentado a se organizar é um incentivo para que ele continue produzindo.

Moda do campo

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions