A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

22/01/2008 22:38

Motorista de ambulância que levava maconha é condenado

Redação

Foi condenado a 12 anos e nove meses de prisão em regime fechado e ao pagamento de 1.050 dias-multa o motorista João Ramão Lopes, preso pela Polícia Federal em agosto de 2007 transportando 41 quilos de maconha em uma ambulância pertencente à prefeitura de Coronel Sapucaia. O condutor foi flagrado pela PF quando levava nove pacientes para realizar exames em Campo Grande. Durante abordagem ao veículo, os policiais encontraram o entorpecente em uma caixa de papelão sob o banco dianteiro da ambulância.

Lopes foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e encaminhado ao Estabelecimento Penal de Amambai, onde aguardou julgamento. Segundo o site A Gazeta News, a sentença foi proferida pelo juiz Thiago Nagasawa Tanaka, titular da 2ª Vara da Comarca de Amambai, que julgou procedente denúncia do Ministério Público Estadual sobre o caso.

Em sua sentença, o magistrado apontou que os motivos do crime "demonstram o anseio pelo lucro fácil, em prejuízo da saúde de terceiros", considerando as circunstâncias graves "pois transportava quantidade razoável de maconha (41 kg) que, em hipótese, poderia afetar inúmeras pessoas", apontando ainda que o crime teve conseqüências porque "diversos pacientes, alguns em estado de saúde gravíssimo, tiveram sua viagem impedida e adiada devido a apreensão da ambulância".

No mesmo processo, Lopes foi condenado a quatro anos de prisão em regime semi-aberto e ao pagamento de 200 dias-multa por usar veículo público para cometer o delito. Ele continuará preso no Epam, e poderá recorrer da sentença.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions