A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

29/09/2015 14:53

MP determina apuração de informação que avisa consumidor sobre captação de água

Lei nº4.687/2015 determina que estabelecimentos comerciais devem manter placas informando que a captação de água é originário de poço artesiano

Renata Volpe Haddad

O MP (Ministério Público) vai apurar suposto descumprimento de lei em estabelecimentos comerciais de Mato Grosso do Sul, que não dispõe aos consumidores a informação sobre a utilização de poços artesianos.

Conforme disponibilizado no Diário Oficial do MP, a 25º Promotoria de Justiça da Comarca de Campo Grande, vai apurar os estabelecimentos que supostamente estão desrespeitando a Lei nº 4.687/2015.

De acordo com a determinação sancionada em junho deste ano pelo Governo do Estado, a lei prevê informação ao consumidor, referente à utilização de água potável proveniente de captação de poços artesianos ou semi artesianos nos estabelecimentos comerciais do Estado.

Estes estabelecimentos devem manter placas e cartazes com a seguinte informação: "A água utilizada nas dependências deste estabelecimento comercial é originária da captação de poço artesiano ou semi artesiano”.

TJ-MS rejeita liminar que pedia fechamento de poços artesianos na Capital
O TJ-MS (Tribunal de Justiça de MS) manteve nesta quarta-feira (27) o uso de poços artesianos em Campo Grande. Os desembargadores da 5ª Câmara Cível ...
Decreto permite uso de poços artesianos e resolve impasse na Capital
O uso de poços artesianos virou um impasse em Campo Grande, desde 2012, quando um decreto municipal determinou que todos fossem desativados. No entan...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions