A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/02/2009 20:18

MPE investiga contratos irregulares em Nova Alvorada

Redação

A contratação temporária de profissionais para trabalharem no programa 'Saúde da Família', em Nova Alvorada do Sul, está mexendo com o MPE (Ministério Público Estadual) que investiga eventual irregularidade no preenchimento dessas vagas, na gestão de 2004 e 2005.

Segundo a promotora de Justiça Daniele Borghetti Zampieri de Oliveira, os profissionais integrantes das equipes foram quase todos contratados sem nenhum processo seletivo, com a simples justificativa de a contratação se tratava de excepcional interesse público. Com isso os contratos temporários foram firmados sem a realização de concurso público sob a alegação de atender necessidade temporária.

Como a necessidade se tornou constante, a promotora destaca que existe discussão quanto à legitimidade das contratações sem concurso público. O inquérito aguarda o envio de documentos do secretário Municipal de Saúde de Nova Alvorada, que recebeu a notificação no dia 10 de fevereiro, tendo o prazo de 15 dias para apresentar a documentação requisitada pela Promotoria.

A ação foi impetrada ainda na Comarca de Rio Brilhante, visto que em Nova Alvorada ainda não havia uma Comarca, que só foi implantada em 2006. O procedimento foi transferido para a Comarca da cidade onde aconteceu o fato.

Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions