A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

08/06/2010 15:01

MPF obriga Cesp a custear estudos arqueológicos no MS

Redação

A Cesp (Companhia Energética de São Paulo) foi obrigada pelo MPF/MS (Ministério Público Federal de Mato Grosso do Sul) a custear estudos de sítios arqueológicos na margem dos reservatórios das usinas hidrelétricas Engenheiro Sérgio Motta (Porto Primavera), Engenheiro Souza Dias (Jupiá) e Ilha Solteira, todas no Rio Paraná, na região dos municípios de Três Lagoas e Selvíria, no leste do Estado.

Pela decisão da justiça federal, os estudos devem ser mantidos "indefinidamente", até que se esgote a análise de todos os locais de interesse arqueológico atingidos pelas barragens.

A empresa pode recorrer da decisão judicial mas os estudos devem recomeçar imediatamente. O MPF já requereu a intimação judicial da Cesp para que comprove a continuidade do monitoramento e resgate.

Estudos iniciais há quatro anos apontaram a existência de riqueza histórica do material recolhido às margens das usinas, com amostras que comprovam a ocupação da região há pelo menos sete mil anos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions