A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Junho de 2018

20/07/2009 11:06

MS defende em conferência demarcação de terras indígenas

Redação

Na 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública, em Brasília (DF), Mato Grosso do Sul reivindicará a demarcação de terras indígenas e quilombolas. A conferência acontecerá de 27 a 30 de agosto. E a reivindicação é uma das 21 diretrizes que farão parte do relatório sul-mato-grossense.

Conforme a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Segurança Pública, a demarcação de terras foi uma das propostas apresentadas por parte dos 17 representantes da sociedade civil durante a etapa estadual da conferência.

Entre os participantes estavam representantes do movimento negro e índios. A reivindicação também é de que os povos indígenas e quilombolas sejam atendidos com investimentos em educação e saúde.

A etapa estadual foi realizada nos dias 15, 16 e 17 de julho, no Pallaciu's Eventos, na rua 14 de Julho, no centro, e contou com cerca de 400 participantes. O objetivo da conferencia nacional é o de discutir um novo modelo de segurança pública para o país.

A demarcação de terras indígenas é uma das discussões mais importantes em Mato Grosso do Sul. O confinamento, principalmente na região Sul do Estado, é apontado como a principal causa de suicídios indígenas.

Mas a reivindicação desse grupo aliada à iniciativa da Funai (Fundação Nacional do Índio) de fazer estudos antropológicos criou um clima de tensão no Estado. Do outro lado da trincheira estão os fazendeiros, que temem não receber um valor justo para compensar possíveis demarcações.

IFMS divulga resultado da seleção de jovens e adultos para os cursos técnicos
O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) publicou nesta sexta-feira, 22, o resultado preliminar do processo seletivo para ingresso em cursos ...
SUS incorpora novos tratamentos para doenças raras
A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias aprovou novas opções de cuidado para quem sofre de doenças raras no Brasil. Os tratamentos, de aco...
Mega-Sena de amanhã pode pagar R$ 38 milhões após 6 sorteios sem premiados
O sorteio da Mega-Sena de amanha (23) pode premiar um ou mais acertadores com até 38 milhões. No último sorteio, quarta-feira (20) o prêmio acumulou ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions