A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

07/03/2017 10:11

Mudança de projeto injeta mais R$ 1,3 milhão em obra na Euler de Azevedo

Previsão é que intervenção seja concluída em julho deste ano

Mayara Bueno
Obra de duplicação da Euler recebeu aditivo. (Foto: Marcos Ermínio).Obra de duplicação da Euler recebeu aditivo. (Foto: Marcos Ermínio).

Mudança no projeto de drenagem de uma parte da obra de duplicação da Avenida Euler de Azevedo, em Campo Grande, fez com que o Governo de Mato Grosso do Sul aumentasse em R$ 1,3 milhão o contrato com a São Luiz S/A. Este é o primeiro aditivo, que é quando há acréscimo de valor ou prazo, ao convênio, cujo preço total passa de R$ 14,7 milhões para R$ 16 milhões.

Os trabalhos acontecem na Euler, a partir do entrocamento com a Avenida Presidente Vargas, até o anel viário na MS-080.

Conforme a Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura), o acréscimo ocorre porque o projeto de drenagem do lote 2 teve de ser modificado. Inicialmente o deságue das águas pluviais aconteceria em propriedades rurais do entorno.

Entretanto, a situação poderia implicar em possíveis ações judiciais dos donos dos locais, afirma. O acréscimo no contrato será para execução de uma linha de tubo às margens da rodovia conduzindo as águas para a calha natural da bacia hidrográfica, na saída para Rochedo.

Ainda conforme o governo, a alteração no projeto não compromete o prazo de conclusão da obra, prevista para julho deste ano. A intervenção no local começou em 27 de julho de 2016.

Duas empresas foram selecionadas para tocar a obra, a Anfer Construções e Comércio Ltda e a Construtora Industrial São Luiz. Cada uma ficou responsável pelos serviços de reparo de asfalto, ampliação da pista, implantação de serviços de drenagem e ciclovia em 4,5 km - a primeira fará obra em 2,5 km e a outra, 2 km.

Mesmo com mudança em projeto, prazo para conclusão está mantido. (Foto: Marcos Ermínio).Mesmo com mudança em projeto, prazo para conclusão está mantido. (Foto: Marcos Ermínio).

Conforme o extrato, constitui objeto do aditivo a ”reprogramação dos serviços com alteração do valor do Contrato OV n. 014/2016, passando o total ajustado de R$ 6.106.804,71 (seis milhões cento e seis mil oitocentos e quatro reais e setenta e um centavos) para R$ 7.496.719,65 (sete milhões quatrocentos e noventa e seis mil setecentos e dezenove reais e sessenta e cinco centavos), cujo objeto cinge-se na obra de adequação da capacidade de tráfego (multivias) da Avenida Euler de Azevedo, trecho: Avenida Presidente Vargas - Anel Rodoviário de Campo Grande (Setor Oeste), Lote II (Rural), numa extensão de 2,000 km”.

Demora - Ausência de máquinas e trabalhadores de braços cruzados compunham o cenário das obras de duplicação da avenida. O período de chuvas tem ditado o ritmo dos trabalhos no local, obrigando os operários a fazer algumas interrupções. Mas, o governo garantiu que a situação não afetará o prazo para entrega da obra.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions