A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

26/08/2009 10:41

Mudança na Receita Federal não atinge Mato Grosso do Sul

Redação

O secretário da Receita Federal do Brasil, Otacílio Cartaxo, confirmou a manutenção do superintendente do órgão que abrange Mato Grosso do Sul. As exonerações e pedidos de demissões ocorridas após a saída de Lina Vieira não atingiram a 1ª Região, que continuará sob o comando de José Oleskovicz.

Não houve manifestação se o delegado do órgão na Capital, Edson Ishikawa, continuará ou não no cargo.

Na edição de hoje, o Diário Oficial da União publicou a exoneração de Henrique Jorge Freitas, subsecretário responsável pela fiscalização na Receita Federal do Brasil. A Receita não informou quem assumirá o cargo no lugar de Henrique Freitas, que assumiu a função na gestão de Lina Vieira.

O nome do novo secretário adjunto de Otacílio Cartaxo também não foi anunciado. Cartaxo exercia essa função durante a gestão de Lina Vieira e com sua promoção ao cargo de secretário o posto ficou vago.

O secretário também confirmou nos cargos os atuais superintendentes da 1ª Região Fiscal (Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Tocantins), José Oleskovicz; da 2ª Região (Pará, Amazonas, Acre, Amapá, Roraima e Rondônia), Esdras Esnarriaga Júnior; da 5ª Região (Bahia e Sergipe), Zayda Bastos Manatta; da 7ª Região (Rio de Janeiro e Espírito Santo), Eliana Polo Pereira; e da 9ª Região (Paraná e Santa Catarina), Luiz Bernardi.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions