A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

06/10/2011 16:40

Mulher que faz do furto o trabalho é solta após uma noite na cadeia

Nadyenka Castro

Lucimar da Cunha foi presa em flagrante na tarde de segunda-feira e no dia seguinte o juiz Paulo Afonso de Oliveira, da 1ª Vara Criminal, determinou a soltura

Lucimar da Cunha confessou vários furtos, foi presa e no dia seguinte Justiça mandou soltá-la.Lucimar da Cunha confessou vários furtos, foi presa e no dia seguinte Justiça mandou soltá-la.

Responsável por grande parte dos furtos de celular e dinheiro que acontecem na área central de Campo Grande, Lucimar da Cunha, 42 anos, já está de volta às ruas.

Ela foi presa em flagrante na tarde de segunda-feira (3) e no dia seguinte o juiz Paulo Afonso de Oliveira, da 1ª Vara Criminal, determinou a soltura, alegando primariedade, que ela não agiu com violência e que o caso não causou grande clamor público.

Lucimar foi flagrada no Camelódromo da Capital por policiais da 1ª Delegacia de Polícia Civil quando tentava vender um telefone móvel. Os policiais a reconheceram e então a levaram para a delegacia.

Ao delegado Wellington de Oliveira, titular da 1ª Delegacia, a mulher confessou que havia furtado o aparelho naquela tarde.

Lucimar da Cunha declarou ainda que furta celulares e dinheiros de bolsas de mulheres em pontos de ônibus, dentro de coletivos e outros locais onde há movimento e não tem presença da Polícia.

Apontou, no mapa digital, os locais onde atua e explicou, em detalhes, como age. “Eu tenho que tossir para a mulher não ouvir o barulho do velcro ou do zíper”, falou, durante a encenação de como faz para abrir as bolsas de suas vítimas, escolhidas de acordo com o próprio comportamento.

A mulher confessou 31 furtos, no entanto, como diz que faz quatro por dia, a Polícia acredita que a quantidade seja bem acima do que ela alega ter feito.

Ela já havia sido presa em agosto junto com o marido, Valdevino Belo Barreto, 47 anos, também por furtos na região central. Mas, Valdevino assumiu ser o único ‘ladrão’ e ela conseguiu ficar ‘livre’.

Na segunda-feira Lucimar foi autuada em flagrante, mas, a Justiça, de acordo com a nova lei do Código de Processo Penal que entrou em vigor em julho deste ano, a colocou novamente nas ruas.

Legislação - De acordo com a nova legislação, em casos de flagrante, a pessoa só fica presa se tiver antecedentes criminais e/ou se o crime cometido tiver sido contra a vida ou mediante grave violência.

Conforme a nova lei, cabe ao magistrado a decisão de decretar a prisão preventiva ou soltar mediante pagamento - ou não - de fiança e ainda determinar medidas cautelares sob pena de retorno à cadeia em caso de descumprimento.

No caso de Lucimar, o juiz Paulo Afonso determinou que ela não saia de casa à noite, nem nos dias de folga e não mude de endereço sem autorização judicial.

Casal é preso após agredir policiais com socos e chutes em Amambai
O fato aconteceu após o casal, que estava em uma moto, furar um bloqueio policial realizado na avenida Nicolau Otano, bairro Jardim PanoramaRodrigo ...
Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...


Cumpriu a lei Riad Saddi??? Furto é crime e está elencado no Art.155/CP com pena de 1 a 4 anos de reclusão e multa. Neste caso a ré é confessa de praticar até 4 furtos por dia, ou seja, confesou SÓ 31 furtos, onde está o cumprimento da lei??
É uma palhaçada a polícia se desdobrar para fazer o serviço dela e o judiciário mandar soltar no outro dia.... E viva o BRASIL!!!!
 
Fernando Barbosa em 07/10/2011 12:51:10
Prezado Fernando, justamente, vc elencou a pena , no caso dela se for condenada o que vai provalvemente acontecer pois vc falou q é ré confessa, vai cumprir uma restritiva de direitos por ser primária ....entao pra q ficar na cadeia....abcs!!
 
Riad Saddi em 07/10/2011 10:42:34
O juiz a soltou - pq a "pobrezinha" da ladra, não agiu com violência...essa nossa justiça é mesmo uma palhaçada...esse juiz deveria deixar a "tadinha" solta nas imediações da sua residência, ou quem sabe, a contratasse como diarista, hehehehehehehehehe...faria uma "ótima faxina".
 
Joanne Pereira em 07/10/2011 09:52:31
Percebo, que roubar e viver do roubo, tornou-se uma profissão mais desejada deste Pais.Comovai ficar a situação qdo todos os brasileiros partirem pro roubo? acho que vai começar a sobrar ladrão! E ai, ladrão roubando ladrão!
 
Claudemir Mendes de Azevedo em 07/10/2011 08:30:03
para que que prende então se é p solta mas é o brasil memso
 
narciso aranda midon junior em 07/10/2011 08:28:10
PRA SER PRESO NESSE PAIS É SER TRABALHADOR
EMAIS OU MENOS HONESTO SENÃO
 
ROMARIO LVI em 07/10/2011 08:14:20
Então vamos moer na pancada...No hospital ela fica mais tempo...
 
Athaide Romero em 07/10/2011 07:43:17
Acho estranho os juízes (e outros do poder) simplesmente obedecerem as leis de forma cega, sem o bom senso de perceber que algo está errado e tomar uma atitude positiva com referencia a isso. Pelas informações que tenho, é difícil um da categoria sinalizar que tal lei deve ser revista; neste caso mesmo o que ocorrerá? Alguém dará emprego "normal" para ela? Acho que não né... então o que ela fará?
 
Gabriel Ramos em 07/10/2011 07:41:20
pessoal !voces viram que éla não pode sair de casa nos dias de folga,e dai ?o trabalho dela é roubar o trabalhados de verdade.que muitos nem tem folga no seu serviço,ou o salario não dá.
 
Lucas da silva em 07/10/2011 04:20:00
E ainda quando se dá uma surra numa infeliz dessa ai se responde / agressão.é claro que roubar não é crime!se fosse politicos encherian as cadeias,só não entendo esse juiz,porque a senvergonha esta na rua trabalhando honestamente ,retirando sua carteira, seu celular,aquilo que voce pagou em prestações longas.ela leve em segundos, eh!! sr Juiz acorda!pô!.ou o povo que trabalha não vale nada?.óra!!
 
ludimar de Sousa em 07/10/2011 04:16:08
Prezado Riad Saddi, simplesmente porque ela estando na rua vai praticar mais furtos, como ela mesma disse, que faz do furto uma profissão, portanto o melhor lugar pra ela ficar é na cadeia aguardando julgamento, ao invés de ficar na rua roubando pessoas de bem, que nesse caso essa pessoa possa por ventura ser você mesmo ou alguém de seu convívio.
 
Fernando Barbosa em 07/10/2011 02:51:16
Não é nada gente, o que é um celular,100, 50 reais ou dez reais para um assalariado, um não, é a média de 4 assaltados por dia..só 4 trabalhadores serão prejudicados....continue lucimar..bravo! afinal você mora no Brasil!
 
daniela rodrigues em 07/10/2011 02:08:08
parabens ao delegado pela prisão dessa ladra...que pena que o juiz não frequenta os lugares que ela oferece risco, contunaremos vulnerável..uebaaaaa pode roubar a vontade dona lucimar...
 
daniela dias em 07/10/2011 02:04:58
parabens seu juiz, o senhor não fica em ponto de onibus lotado, os trabalhadores continuarão sendo lesados por essa ladra, que pais é esse gente?
 
daniela rodrigues em 07/10/2011 02:03:17
devia descer a borracha nesta meliante. cara de psicopata, ainda vem a justiça e solta essa pilantra. daqui a pouco nem podemos mais sair de casa com nossas familias, morrer ficou tão banalizado.
 
antonio moraes em 06/10/2011 11:39:00
infelizmente são brechas que a lei deixa,pois quando e um pai de familia ou cidadão que comete por legitima defesa o juiz manda tranca dura,vagabundo (a) que fica pegando coisa alheia e gosta do que faz,declarado culpado o juiz manda soltar por ser primaria.Não se valoriza o trabalho da policia e deixa a população a merce dessa laia sem vergonha,covarde e o Brasil continua neste buraco moral/etico
 
paulo henrique em 06/10/2011 09:33:56
Tá certo. Tem tanta gente grande roubando muito que não chama atenção e não gera violencia.
 
JOSÉ PEREIRA FILHO em 06/10/2011 08:29:58
Que vergonha.
Após 3 meses de investigação mais de 30 BOs o Sr Magistrado coloca esta senhora de volta nas ruas.
Como fazer para motivar a polícia. Por favor Senhores Magistrados tenham piedade da comunidade.
 
adelaido luiz em 06/10/2011 08:02:50
Que Absurdo!!!
 
Ariane Ribeiro em 06/10/2011 07:26:26
Ela foi solta por conta da nova legislação, e não tem que pagar fiança também?? E de onde sairia o dinheiro da fiança?? Então furtar objetos de um trabalhador já não rende cadeia pra bandido?? Como diz a música: QUE PAÍS É ESTE????? Estão banalizando tudo!!!!!
 
Wellington Sampaio em 06/10/2011 06:41:00
por esses e outros motivos que os juizes determinam a pena, é que pai de familia vira bandido, pois comigo aconteceu de um vagabundo quebrar meu carro por que estava nervoso, gastei 5.000,00 reais ,fiz pericia, foi para a justiça onde foi determinado uma pena de 1 salario minimo e nada para pagar o conserto do meu carro.
parabens sr. juiz, JUIZ TEM CELULAR CHIQUE, CUIDADO
 
claudio luiz em 06/10/2011 06:10:49
Parabens pro Juiz que cumpriu a lei... e de oficio pediu pra expedir alvara de soltura...
 
Riad Saddi em 06/10/2011 05:52:52
ENTAO AGORA EU VOU FURTAR TODO DIA QUE NAO SEREI PRESO MESMO!!!!PALHAÇADA
 
JOSE SILVA em 06/10/2011 05:46:44
Ai esta o resultado, senhores, por não votarmos com responsabilidade, são criadas essas leis ordinárias, mesmo, que protegem bandido, graças a esse lesgislativo incompetente, que passa pro judiciário a sua função.
 
Elias Fernandes em 06/10/2011 05:33:28
O que é preciso fazer nesse país para ficar preso?
 
Luciano Bandeira em 06/10/2011 05:14:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions