A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018

14/02/2011 20:43

Multa para estabelecimento que usa bisnaga para molho chega a R$ 15 mil

Jorge Almoas

Maionese, catchup e mostarda devem ser oferecidos em forma de sachê

A Vigilância Sanitária realiza com freqüência fiscalização em bares, restaurantes, lanchonetes e quiosques para coibir o uso de bisnagas para consumo de molhos como maionese, catchup e mostarda. Tais recipientes são proibidos pela legislação sanitária.

A maneira correta de oferecer os condimentos é na forma de sachês. A preocupação se estende às condições de manipulação, fabricação e conservação dos alimentos vendidos improvisadamente nas ruas da cidade.

De acordo com Milton Zaleski, chefe do Serviço de Fiscalização de Alimentos, os molhos devem ser mantidos sob refrigeração ou a uma temperatura acima dos 60°C.

No caso dos vendedores ambulantes de alimentos, a situação é mais complicada. “Não temos como acompanhar e controlar os ambulantes, muitas vezes eles não ficam no mesmo local”, cita Zaleski.

Quando os molhos são produzidos no estabelecimento, o acondicionamento deve ser feito de modo estéril, sem presença de microorganismos. “As embalagens, quando abertas, ficam expostas à contaminação pelo ar e pelo próprio manipulador ou consumidor”, observa o chefe de fiscalização.

Produtos contaminados podem provocar a infecção alimentar, cujos sintomas são diarréia, cólica, dor de cabeça, vômito e febre. “O maior vilão dos alimentos é a maionese, porque é feita com ovo, alimento preferido da Salmonela, bactéria causadora de infecção”, alerta.

Pelo Código Sanitário Municipal, os estabelecimentos que descumprirem a proibição do uso de bisnagas podem ser multados. Os valores das penalidades variam de R$ 500,00 a R$ 15 mil reais.

O produto irregular é apreendido, o proprietário é autuado e o estabelecimento pode ser interditado, caso a infração seja reincidente.

Prazo para segunda etapa de matriculas na rede estadual termina nesta 6ª feira
Termina nesta sexta-feira (dia 19) o prazo para a segunda etapa de matrícula nas escolas da rede estadual de ensino. Até o momento, 215.398 já efetiv...
Começa na segunda-feira prazo para alunos da UEMS fazerem rematrícula
Quem já é aluno da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) tem prazo de segunda-feira, 22 de janeiro, até a 3 de fevereiro para confirmar ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions