A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

27/02/2013 20:20

Na fronteira de MS, Bolívia devolve ao Brasil 370 carros

Nyelder Rodrigues
Alguns carros cruzaram simbolicamente a fronteira para oficializar a devolução (Foto: Victor Viégas/DDP)Alguns carros cruzaram simbolicamente a fronteira para oficializar a devolução (Foto: Victor Viégas/DDP)

A Bolívia devolveu nesta terça-feira (27) 370 veículos, entre carros, camionetes e motocicletas, com denúncia de furto ou roubo no Brasil. Este é o primeiro lote, e mais veículos serão devolvidos.

A devolução foi realizada em cerimônia feita em uma área da Marinha boliviana, em Puerto Quijarro, na fronteira com o município de Corumbá, em Mato Grosso do Sul, e é resultado de um acordo de cooperação internacional entre Brasil e Bolívia. De lá, os carros virão para o pátio da Defurv (Delegacia Especializada em Furtos e Roubos de Veículos), em Campo Grande, e posteriormente devolvidos aos proprietários.

Entre as autoridades brasileiras presentes, estava o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, o embaixador do Brasil na Bolívia, Marcel Fortuna Biato, o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, e o secretário de Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Wantuir Jacini.

Já entre as autoridades bolivianas, a cerimônia contou com a presença do ministro de Governo da Bolívia, Juan Ramón Quintana, o vice-chanceler Juan Carlos Alurralde, e a presidente da Adauana boliviana, Marlene Ardaya.

Conforme o site Capital do Pantanal, o ministro Cardozo afirmou que a devolução dos veículos garante maior controle e segurança na região de fronteira. “Frisamos o controle do espaço aéreo e também na articulação em terra. Com isso queremos sobrevoar o território boliviano, fotografar e mandar as imagens para o setor de inteligência, onde vão averiguar os problemas que mais afetam esta região”, afirmou o ministro da Justiça brasileiro.

Já o ministro boliviano Quintana garantiu que até março a segurança será intensificada na região também com aviões. “Em março vamos sobrevoar toda esta área e também outras localidades de fronteira da Bolívia. Queremos de forma adequada amenizar criminalidades de origem fronteiriças”, explicou o ministro de Governo da Bolívia.

Segundo o Capital do Pantanal, 75 automóveis e 35 motos vieram do departamento de Santa Cruz de La Sierra, enquanto 9 motos vieram de San Inácio de Velásquez, e 17 automóveis da cidade de Puerto Suarez.

Os veículos devolvidos vão passar por perícia em Campo Grande, para identificar os donos. A devolução é fruto do programa boliviano de regularização de veículos que acontece desde 2011.

São pelo menos 1,5 mil veículos roubados ou furtados em países vizinhos e levados ilegalmente à Bolívia. Além do Brasil, outros países fronteiriços à Bolívia também devem se beneficiar. Já a estimativa do ministro Cardozo é que haja ainda 4 mil veículos brasileiros no país vizinho.



parabens por essa pequena vitoria, porem ainda falta muito para que esses roubos acabem,isso porque os unicos culpados são os nossos representantes (ou seja os politicos brasileiros). Pergunto aos mesmos à quantos anos esses roubos vem acontecendo, a 10, a 20, ou mesmo a 30 anos tanto tempo e só agora vieram a abrir os olhos e olhar por nós, aqueles pobres e umildes trabalhadores que ralam anos e anos para ter um veiculo e quando finalmente conseguem comprar vem um vagabundo lhe rouba e muitas veses até lhe mata.
 
Francisco marques em 01/03/2013 19:10:00
A CULPA DESSES ROUBOS, É DO GOVERNO BRASILEIRO, QUE NÃO SABE TRABALHAR, POIS É MUITO FÁCIL, VEÍCULOS EM TRÂNSITO, NÃO É O PROPRIETÁRIO QUE ESTÁ CONDUZINDO, DEVE SER RECOLHIDO, ATÉ PROVA EM CONTRÁRIO, SALVO SE , TIVER AUTORIZAÇÃO POR ESCRITO DOS PROPRIETÁRIOS, ENTÃO EM QUALQUER LUGAR, FOI BARRADO PELAS POLÍCIAS, NÃO TEM AUTORIZAÇÃO, JAMAIS DEVER PROSSEGUIR, E ESSA AUTORIZAÇÃO, AINDA TERÁ QUE ESTAR COM FIRMA RECONHECIDA, E O TRAJETO, QUE VAI FAZER O BEM, POIS ISSO GERARIA SEGURANÇA, GOSTARIA QUE ISSO VIESSE A TONA, AI SIM, A COISA NÃO CHEGARIA A ESSE PATAMAR DE TANTOS VEÍCULOS ROUBADOS, NEM A BOLÍVIA, NEM PARAGUAI, SÃO CULPADOS, SÃOS OS NOSSOS POLÍTICOS, ATRAPALHADOS.
 
PEDRO BRAGA em 28/02/2013 15:28:20
Isso tem nome, "renovação de frota" !
 
Antonio gurgel em 28/02/2013 13:12:31
A Bolivia, tem serviços de inteligencias!!!
 
Luciano Rosa em 28/02/2013 12:44:55
o paraguai devia fazer isso tambem com os carros e motos roubados que entram do lado do paraguai
 
antonio cesar leite em 28/02/2013 10:03:18
ÊÊÊÊÊ!
 
Bergo de Almeida em 28/02/2013 09:36:44
QUERO SABER QUANDO O PARAGUAY VAI FAZER O MESMO....
 
alexsandro lino aristimunho em 28/02/2013 07:52:30
Tem que investigar bem os donos, tem muito carro de malandro ai, podem vir carregados, de armas ou drogas, eles nao vão ter despesa nenhuma com frete, o governo vai trazer pra eles
e entregar no destino.
 
joel lara em 28/02/2013 07:16:59
Parabéns ao governo boliviano pela iniciativa, isso demonstra seriedade e um gesto de boa vizinhança. A medida pode reduzir os furtos de veículos nos países fronteiríços.
 
Ronaldo Pissurno em 27/02/2013 21:12:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions