A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/05/2014 17:32

Novos grupos resistem à vacina da gripe e dificultam alcance da meta

Lidiane Kober
Há 16 anos entre o público alvo, idosos não resistem a vacina e são os primeiros a buscar a imunização (Foto: Divulgação/Ses)Há 16 anos entre o público alvo, idosos não resistem a vacina e são os primeiros a buscar a imunização (Foto: Divulgação/Ses)

Ainda desconfiado, novo público de cobertura da vacina contra a gripe resiste à imunização e dificulta o alcance da meta, principalmente, em Campo Grande. Até a última quarta-feira (30), somente 40,7% do grupo alvo procurou as unidades de saúde da Capital e saiu vacinado. De forma geral, no Estado, a campanha atingiu apenas 31,03% dos alvos.

Gerente técnica do serviço de imunização da Prefeitura de Campo Grande, Cassia Tiemi Kanaoka destacou a boa aceitação dos idosos, que recebem a vacina pelo 16º ano consecutivo. “O Dia ‘D’ nos surpreendeu e, na fila, a grande maioria era idosos”, disse sobre a data de maior mobilização da campanha.

Por outro lado, Cassia percebe resistência entre o novo público alvo de cobertura: as gestantes e as crianças. “As mães e as gestantes esperam por uma consulta com o pediatra ou com o obstetra antes de se imunizar”, comentou. Desde 2011, os grupos estão na lista dos beneficiários da imunização gratuita.

A gerente técnica, por sua vez, fez questão de afastar reações negativas e buscou incentivar a imunização. “Até hoje, só vi benefícios da vacina”, destacou. Segundo ela, o serviço está disponível em todas as unidades de saúde da Capital, das 7h às 11h e das 13h às 17h. Só as Upas (Unidade de Pronto-Atendimento) da Vila Almeida e do Bairro Universitário não estão oferecendo a vacina.

Até a última quarta-feira, foram imunizadas em Campo Grande 60 mil pessoas, 40,7% dos 147,2 mil alvos. No Estado, o público alvo é de 656.657 e a meta é vacinar 574.777. Segundo o Ministério da Saúde, até hoje, 178.357 doses foram amplicadas. A campanha iniciou dia 22 de abril e encerra na próxima sexta-feira (9).

Indagada se a vacinação será prorrogada, Cassia frisou que a prefeitura não pode “tomar decisões isoladas” e precisa esperar o Ministério de Saúde se manifestar. “Rotineiramente, acabam prorrogando”, palpitou.

Alvos - A novidade deste ano é a ampliação da faixa etária para crianças de seis meses a menores de cinco anos. No ano passado, o público infantil foi de seis meses a menores de dois anos. Além das crianças, integram os beneficiários pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Portadores de doenças crônicas não-transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais também devem se vacinar. Para esse grupo não há meta específica de vacinação. As doses da vacina contra a gripe protegem contra três subtipos do vírus Influenza determinados pela Organização Mundial da Saúde este ano, sendo eles A/H1N1; A/H3N2; Influenza B.

Prevenção - A transmissão dos vírus acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz).

O Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples como medida de prevenção para evitar a doença, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal.

A vacina contra a gripe não é capaz de eliminar a doença ou impedir a circulação do vírus, por isso, as medidas de prevenção são muito importantes, particularmente durante o período de maior circulação viral, entre os meses de junho e agosto.

Os sintomas da gripe são febre, tosse, dores na garganta, na cabeça, muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

Sesau afirma que vacinação contra gripe imunizou 23% do público alvo
A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) afirmou que 42.334 pessoas foram vacinadas contra a gripe, desde o início da pré-campanha (22) até o ...
Além dos postos, Capital terá 88 pontos de vacinação contra gripe H1N1
A campanha de vacinação contra gripe H1N1 em Campo Grande terá postos instalados em locais de fácil acesso da população, como supermercados, shopping...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions