A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Junho de 2018

09/06/2009 16:38

Oito empresas tem interesse em novo sistema de terminal

Redação

A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) está analisando qual modelo adotará para rastrear os ônibus do transporte coletivo urbano de Campo Grande. Previsto para ser implantado como projeto piloto no novo terminal de integração em frente a Escola Estadual Hércules Maymone, o monitoramento permitirá ao usuário saber, em tempo real, o horário de embarque e desembarque.

De acordo com o presidente do órgão, Rudel Trindade Espíndola Júnior, oito empresas já compareceram ao órgão para apresentar o seu modelo de rastreamento dos ônibus. Somente após conferir as vantagens de cada sistema, a prefeitura fará a escolha e lançará a licitação para implantar a central.

Ele explicou que os equipamentos dentro dos veículos serão adquiridos e instalados pela Assetur (Associação das Empresas do Transporte Coletivo Urbano). A Agetran ficará encarregada pela implantação da central e monitoramento dos veículos.

Inicialmente, o sistema de rastreamento será instalado em algumas linhas dos ônibus do novo terminal, cuja inauguração está prevista para o segundo semestre deste ano. Parte dos 15 mil passageiros poderá acompanhar, em monitores, os horários de chegada e saída dos ônibus. A medida dará mais tranqüilidade aos usuários.

Rudel Trindade explicou que a implantação é demorada porque exige o georreferenciamento de todas as linhas e pontos de ônibus. O projeto informatiza a fiscalização do transporte coletivo da Capital. Após ser implantado na nova estação, a Agetran vai ampliá-lo para os demais terminais de transbordo.

Estados e municípios são os que mais contribuem para sustentar SUS
Entre 2002 e 2015, o governo federal foi a esfera de gestão que mais utilizou recursos do Sistema Único de Saúde (SUS), seguido pela esfera municipal...
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar até R$ 38 milhões no sábado
O prêmio da Mega-Sena acumulou mais uma vez, depois do sorteio desta noite (20) e pode pagar até R$ 38 milhões, na próxima rodada. As sequências sort...
Ações sobre auxílio-moradia voltam ao STF depois de conciliação falhar
Diante da falta de conciliação com representantes de magistrados, a AGU (Advocacia-Geral da União) devolveu ao STF (Supremo Tribunal Federal) process...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions