ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  25    CAMPO GRANDE 28º

Cidades

Owari: denúncia do Ministério Público terá 'novidades'

Por Redação | 14/08/2009 09:52

A denúncia do MPE (Ministério Público Estadual) contra políticos, empresários e servidores públicos de Dourados, Ponta Porã e Naviraí, presos durante a Operação Owari, no dia 7 de julho, vai incluir pessoas que não foram detidas nem indiciadas pela Polícia Federal.

O Campo Grande News apurou que pelo menos três pessoas que não estavam na lista dos indiciados serão denunciadas por participação nas organizações comandadas pelo empresário Sizuo Uemura e pelos irmãos Eduarte e Everaldo Dias Leite. Os nomes ainda são mantidos em sigilo. As denúncias devem começar a ser oferecidas na semana que vem.

Durante análise dos inquéritos da Polícia Federal, concluídos no dia 31 de julho, os promotores que atuam no caso encontraram indícios da participação dessas pessoas no esquema.

Segundo o Ministério Público Estadual, das 73 pessoas indiciadas pela PF, pelo menos uma não será denunciada. O MPE considera inconsistentes as provas produzidas pela Polícia Federal em relação a essa pessoa, cujo nome também não foi revelado.