A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Outubro de 2017

20/07/2009 11:06

Owari: MPE se manifesta contra censura à imprensa

Redação

Em nota à imprensa sobre a Operação Owari, que desmantelou esquema de fraude de licitações e corrupção em Dourados, o procurador-geral do Ministério Público Estadual, Miguel Vieira da Silva, diz que a instituição "é contra qualquer medida que vise cercear ou interferir na livre manifestação de pensamento exercida através da imprensa".

O caso é investigado sob segredo de Justiça e a juíza da 1ª Vara Criminal de Dourados, Dileta Terezinha Souza Thomaz, proibiu a publicação de textos com o conteúdo de conversas gravadas durante a apuração da operação da Polícia Federal.

Na nota, Miguel Vieira ressalta que não foram só as escutas que fundamentaram a operação e que há muitas provas, inclusive documentos, carreadas pela PF, combinado com o trabalho de promotores, assessorados pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado).

O procurador destaca que dados sobre estas provas coletadas não foram divulgados porque as investigações correm sob segredo de justiça, mas entende "que somente com o trabalho independente da mídia na apuração e divulgação de fatos será possível garantir ao povo o direito à verdade, mormente por tratar-se de fatos que envolvem agentes públicos".

Sobre o relaxamento de prisões, o MPE informa que não irá prejudicar a conclusão dos trabalhos e a punição de envolvidos.

Redação do Enem que desrespeitar direitos humanos pode receber nota zero
Entre as regras a serem seguidas pelos candidatos que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na elaboração da prova de redação está o resp...
Em semana com três concursos, Mega-Sena sorteia R$ 2,5 milhões nesta terça
A Mega-Sena promete pagar nesta terça-feira (17) o prêmio de R$ 2,5 milhões ao apostador que acertar os seis números que serão sorteados a partir das...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions