A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/07/2013 18:19

Pacientes que precisam de raio-X serão transferidos para cidades próximas

Elverson Cardozo

Pacientes que precisam realizar exames de raios-x no Hospital Municipal João Carneiro de Mendonça, em Bandeirantes, estão sendo orientados a procurar unidades de saúde das cidades de Camapuã e São Gabriel do Oeste. Os casos mais graves, de urgência e emergência, serão encaminhados para Campo Grande. O aparelho, único da cidade, foi interditado por decisão judicial.

“É complicado para o paciente e oneroso para o município, mas é a única saída”, afirmou o secretário de saúde, Gilvan Gonçalves. Ontem (16) à noite ele foi notificado como responsável pelo cumprimento da ordem judicial que ordenava o bloqueio do setor com base em uma denúncia anônima feita ao Ministério Público.

O órgão, segundo o secretário, pede uma investigação do tratamento dispensado à adolescente Railuce Fabiane Ferreira Lima, de 14 anos, moradora de Bandeirantes, que morreu no último domingo, na Santa Casa de Campo Grande, com suspeita de H1N1.

A alegação, afirmou, é que a garota não teria sido submetida ao exame de raios-x, necessário para o diagnóstico, porque o médico não pediu o procedimento, não quis mostrar o resultado ou porque o aparelho estava quebrado.

Na tarde de hoje, Gilvan teve uma reunião com a promotora de justiça do Ministério Público, que sustentou: Há uma denúncia. É preciso apurar e, enquanto isso não for feito, o aparelho e a máquina reveladora seguem interditados.

O caso - De acordo com o secretário de saúde, a morte de Railuce pode ser o primeiro caso de H1N1 registrado em Bandeirantes. A menina passou por quatro médicos, que, a princípio, suspeitaram de dengue.

No município, ela não chegou a ficar internada. Ficou apenas em observação, mas com o agravamento do quadro, a adolescente foi transferida, no sábado (13), para a Santa Casa de Campo Grande. No domingo (14), morreu.

Oficialmente, a informação que se tem é que Railuci estaria com dengue, mas, pela suspeita, a morte por conta do vírus Influeza está sendo investigada.

Juiz interdita raio-X de hospital onde menina morreu de gripe suína
O setor de raio-x do Hospital Municipal João Carneiro de Mendonça, em Bandeirantes, foi interditado por decisão judicial. O acesso ao aparelho, o úni...
Gripe suína pode ser causa da morte de adolescente em Bandeirantes
A Secretaria Municipal de Saúde de Bandeirantes, a 70 quilômetros de Campo Grande, investiga a morte de uma adolescente de 14 anos por suspeita de H1...
Gripe suína pode ter matado 16 pessoas em MS e já supera 2012
A Secretaria Estadual de Saúde (SES) investiga mais cinco mortes causadas pela vírus influenza H1N1, mais conhecida como gripe suína, em Mato Grosso ...
Governo altera datas de teste físico de concurso da Polícia Civil
Foram alteradas as datas para realização da avaliação de aptidão física dos candidatos que continuam a participar do conurso público para escrivão e ...


Bandeirastes sempre foi assim uma cidade esquecida pelas autoridades,onde os prefeitos e o poder daquela cidade simplemente deixam a população q é a parte mas desfavorecida a plena negrigência,acorda Bandeirantes........
 
vivane ribeiro em 17/07/2013 20:29:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions