A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

28/10/2010 10:29

Pai de menino morto pode responder por falta de cautela

Redação

Pai do menino Rafael Vieira dos Santos, 10 anos, Rogério Vieira dos Santos Filho, 39 anos, poderá ser responsabilizado pela falta de cuidado com a arma que matou acidentalmente o menino. O caso ocorreu ontem à noite, na casa da família, localizada na Rua José Brito Leal, no Bairro Santa Terezinha, em Três Lagoas, cidade distante 338 quilômetros de Campo Grande.

O delegado que atendeu a ocorrência, Messias Pires dos Santos Filho, explica que o pai tem registro da arma, porém, deveria ter deixado o revólver calibre 32 sem munição e fora do alcance da criança.

Rogério costumava guardar a arma em cima do guarda-roupa do quarto. Foi de lá que Rafael pegou o revólver para brincar com a irmã de 5 anos.

A cadeira usada pelo menino estava perto do guarda-roupa, segundo o delegado. Rafael foi atingido por um tiro na cabeça.

Brincadeira - A irmã de Rafael, disse a uma tia, que o garoto costumava pegar a arma para brincar.

Ele usava tinta vermelha para fingir que foi ferido e, por isso, a irmã chegou a pensar que pudesse ser brincadeira.

As crianças estavam com os avós paternos enquanto os pais foram ao trabalho.

Os avós moram ao lado da casa da família e só ouviram o disparo.

O menino chegou a ser socorrido e não resistiu ao ferimento.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions