A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

26/06/2008 11:15

Para entidade, professor foi vítima de homofobia velada

Redação

Após a morte do professor Aparecido de Oliveira, brutalmente assassinado em Ponta Porã, entidades colocam em discussão duas questões divergentes sobre o que teria motivado tamanha violência, a princípio praticada apenas por um garoto de 15 anos.

A ex-presidente da Associação das Travestis de Mato Grosso do Sul, Cris Stefanny, acha que é mais um crime de preconceito praticado no Estado. O professor, que seria homossexual, é considerado vítima de

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions