A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

20/05/2009 15:09

Parque dos Poderes será revitalizado com verbas federais

Redação

O Parque dos Poderes vai passar por uma completa revitalização com recursos federais, segundo informou hoje o secretário estadual de Obras Públicas e Transporte, Edson Giroto.

De acordo com ele, os técnicos já iniciaram o levantamento de todas as intervenções necessárias. O principal objetivo é adequar o local ao trânsito de pedestres, devido ao grande número de pessoas que utilizam a área para caminhadas, corridas e ciclismo.

"A nossa preocupação é realizar uma série de obras garantindo a mobilidade urbana. Estamos concluindo o projeto e vamos encaminhá-lo a Brasília para captar os recursos necessários", explicou Giroto.

O secretário de Obras lembrou que quando o parque foi concluído, em 1988, não se esperava o volume de pessoas que hoje circulam no local fazendo atividade física.

Por causa desta deficiência no projeto original, é grande o número de pessoas obrigadas a dividir a via com carros para praticar exercícios. "Há uma necessidade urgente de adequar o espaço para pedestres, ciclistas e veículos", enfatizou.

Pelo projeto, o Parque dos Poderes receberá melhorias como reestruturação da iluminação pública, construção de pista para circulação exclusiva de pedestres e ciclistas, reforço da arborização, recapeamento asfáltico, nova sinalização vertical e horizontal e acessibilidade para pessoas com deficiência.

Enquanto o projeto de revitalização do Parque dos Poderes não é executado, o governo segue com manutenção das calçadas existentes no parque, que possui área total de 286 hectares.

Trinta e cinco funcionários são mobilizados diariamente para realizar o reparo, além da pintura de meio-fio, roçada e limpeza.

"Estamos iniciando agora a implantação do projeto de fiscalização eletrônica em vários pontos, pois verificamos que muitos motoristas estão abusando do acelerador", informou o prefeito do Parque dos Poderes, José Carlos Alves Mira.

O objetivo é limitar a velocidade dos veículos em 60 quilômetros por hora. "Além do risco de atropelamento de pessoas, existem muitos animais silvestres que circulam por essa área e que são ameaçados pelo excesso de velocidade dos motoristas", explicou.

De acordo com ele, os equipamentos serão instalados nos próximos meses, incluindo radares fixos e móveis.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions