A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

05/06/2014 17:59

PF concentrou trabalho nas principais investigações, diz superintendente

Edivaldo Bitencourt

A Polícia Federal concentrou o efetivo nos principais casos e não está paralisada em Mato Grosso do Sul. A informação é do superintendente regional da corporação, delegado Edgar Marcon, que contestou dados do Sindicato dos Policiais Federais de que o envio de agentes para reforçar a segurança nas cidades sede da Copa do Mundo.

O delegado explicou que foram definidos as prioridades e os serviços de investigação e de inteligência continuam normalmente. Ele frisa que só houve suspensão do andamento dos casos que não serão prejudicados com a paralisação por 30 dias.

Marcon destaca que a PF não realiza policiamento ostensivo. “Só trabalhamos com investigação”, frisou.

Segundo o Sindicato dos Policiais Federais, dos 200 profissionais no Estado, 160 foram enviados para outros estados e acabaram paralisando os serviços nas delegacias de Ponta Porã, Corumbá, Naviraí e Três Lagoas.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions