A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

24/02/2011 19:18

PMs foram ouvidos e liberados pela Polícia Civil antes das 16 horas

Nadyenka Castro

Flagrante começou ser lavrado 14h38

A Polícia Civil afirma que a guarnição da PM (Polícia Militar) que ficou sem atender o Jardim Noroeste, em Campo Grande, na tarde dessa quarta-feira, não ficou sete horas em delegacias. Os policiais foram os primeiros a serem ouvidos na lavratura do flagrante que começou pouco depois das 14h30 e terminou antes das 16 horas.

De acordo com o delegado Fernando Lopes Nogueira, coordenador do plantão da Depac-Piratininga, a ocorrência não foi lavrada lá, conforme havia sido informado por fontes ouvidas pelo Campo Grande News e sim na Depac-Centro.

Ele explica que os policiais militares deixaram os presos sob a responsabilidade de outros militares, na Depac-Piratininga, seguiram para a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) e quando retornaram com o laudo de constatação de entorpecente levaram os detidos para autuação em flagrante na Depac-Centro.

Na delegacia localizada na rua Padre João Crippa, os documentos que oficializam a prisão começaram a ser produzidos pouco depois das 14h30. Os policiais foram ouvidos e liberados em seguida. O flagrante foi conclído após depoimento dos presos.

O caso- A PM alega que ficou sete horas em delegacias durante a tarde de ontem e por isso o Jardim Noroeste ficou sem policiamento.

Por volta de 11 horas, os policiais responsáveis pela região pegaram dois jovens que tentavam arremessar celular, maconha e carregador para o Presídio de Trânsito. Foram acionados por agentes penitenciários que suspeitaram da atitude dos rapazes e os detiveram.

Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...


Pra que tanta polêmica , se isso esta em lei os procedimentos a seres realizados em delegacias , para que tanta competição entre POLICIA CIVIL e POLICIA MILITAR , cada um com sua função , em vez de toda a classe se unir , ficam nessas disputas , faço as palavras que disse PAULO SOUZA as minhas palavras.
 
Dalyse Fernanda Medina Dittmar em 25/02/2011 08:27:26
gostaria que algum reporter acompahesse os policiais na entrega de ocorrencias para ver a demora que é...
 
Pedro Nonato em 24/02/2011 10:13:20
Como sempre o ser humano esta acostumado a arumar uma desculpa para o seu erro, foi o que ocorreu com estes policiais militares, que trabalham na rua e sabem muito bem onde devem conduzir os presos, não será por causa de uma determinação, que os mesmos deixaram a população sem policiamento, isto é jogo de interesse que a policia militar esta querendo fazer junto a sociedade.
 
Eduardo Marley da Silva em 24/02/2011 09:44:27

Sr. Sectretário cadê a Resoluçao DETERMINANDO que todas as Delegacias funcionem 24 horas e que aja Autoridade Policial (DELEGADO) efetivamente trabalhando. Chega de letargia, a populaçao merece respeito.
 
luiz duarte em 24/02/2011 09:08:36
Gente, prá que tanta polemica, a lavratura do flagrante não mudou em nada. So que antes, além desta demora toda na delegacia, outro tanto era desperdiçado nos batalhões da Polícia Militar. Com a nova determinação, que apenas cumpre a lei, esta demora foi reduzida pela metade. OS PM estão lutando por uma coisa que não existe.
Querem distorcer os fatos. Querem continuar senhores da situação, "ARRANCANDO CONFISSÕES" nos batalhões e só depois apresentando na delegacia. Parem para pensar, antes de criticarem tanto.
 
Paulo Souza em 24/02/2011 07:54:20
Parabéns secretário de justiça agora vai ficar essa birga de Pm e Civil vc conseguiu o que há anos não havia mais ocorrido agora vai ficar essa briga sendo que ao invés de unir forças e combater o crime causou uma desagradável disputa entre Civil e Pm, Secretário tem SD com mais de 15 anos de serviço e ainda é soldado muda esse quadro dê um estímulo a esse policial que merece eles carregam a polícia anos e não são promovidos por falta de vaga?? oq é isso gente ?? Oficial da PM é promovido mesmo sem vaga cadê o Direito desse soldado agora mais essa briga com a civil, vai procurar saber da situação de promocão da PM que muitos estão desmotivados pq NAO EXISTE PROMOÇÃO NA DATA CERTA PARA O SOLDADO? FALTA DE RESPEITO COM ESSES VALOROSOS POLICIAIS MILITARES!!! POVOOO ACORDA QUEM TRABALHA NA RUA É CABO E SOLDADO E ELES NÃO SÃO PROMOVIDOS NOS SEUS DEVIDOS TEMPOS DE SERVIÇO !!! MEU VIZINHO TEM 15 ANOS E AINDA É SOLDADO MEUU DEUS CADÊ O DIREITOOOOO!!! NEM NO EXÉRCITO TEM SOLDADO COM 15 ANOS E TEM SOLDADO QUE VAI FAZER 8,9,10,11,12,13,14 QUE ESTAO DESMOTIVADOS DEMAIS MELHORA GOVERNADOR DE A ELES OQUE É DE DIREITO PROMOVER URGENTEEEEEEEEEEEEEEEE!!!OU NÃO EXISTE CARREIRA MILITAR NA PM?
 
Fernanda Muniz em 24/02/2011 07:18:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions